Exposição “Olhares Surrealistas” no Riopreto Shopping em julho

Exposição - “Olhares Surrealistas”, uma homenagem ao mestre da arte surrealista Salvador Dali

Acontece entre os dias 19 e 29 de julho, no Riopreto Shopping, a exposição “Olhares Surrealistas”, uma homenagem ao mestre da arte surrealista Salvador Dali.
A mostra é composta por telas do artista plástico Luis Cossi, e infogravuras do fotógrafo Valdecir Gerotto.

São 24 trabalhos que expressam sentimentos através do olhar provocador desses profissionais.

“Atualmente, venho buscando criar obras que tragam paz e tranquilidade para aqueles que as observam e para isso utilizo as cores da cromoterapia. As infogravuras são fotografias transformadas em sentimentos, pelo menos é isso que estou buscando. E a exemplo de Salvador Dali, questionar”, pontua Gerotto.

Na composição gráfica aparentemente tem um “L” a mais em “Surreallista”.
Um dos principais manifestos do movimento é o Manifesto Surrealista de 1924. Além de Breton, seus representantes mais conhecidos são Antonin Artaud no teatro; Luis Buñuel no cinema; e Max Ernst, René Magritte e Salvador Dalí no campo das artes plásticas.

Homenageado
Salvador Dalí é apontado como o “Mestre da Arte Surrealista”. Ele chegou a afirmar que seus quadros eram “fotografias de sonhos pintadas à mão”.

Considerado um dos grandes ícones da vanguarda surrealista, causou polêmicas, sendo expulso pelo líder e fundador do movimento, André Breton, por motivos de interesses e tendências políticas distintas.

Expositores
Valdecir Gerotto é paulista de Mirassol. Quando garoto adorava ficar deitado no chão observando as nuvens e os desenhos que se formavam no seu imaginário. Décadas mais tarde, em 2005, ingressou na faculdade de Design onde reviveu seus devaneios de criança, ao usar a simetria descrita pelo filosofo Aristóteles e criar suas obras com resíduos vegetais, minerais e orgânicos, dando uma nova vida ao mesmo o que traz um prazer incomensurável.

Seus trabalhos (in) orgânicos já foram contemplados em salões de artes da região. Enquanto o orgânico refere-se a sistemas vivos, inorgânico relaciona-se com a matéria não viva.

Luis Antônio Cossi atua como artista plástico há 20 anos. Autodidata, seu talento aflorou na adolescência, quando passava horas desenhando.

Ter se tornado artista plástico é a realização de um sonho de criança, e para alcançá-lo não poupou esforços, sem falar no investimento financeiro com a compra do material de pintura.

Adepto do estilo surrealistas é comum encontrar em sua temática natureza morta, paisagens, cenas rurais e figuras humanas.

Sua presença é frequente em salões de arte e exposições coletivas e individuais, de Rio Preto e região.

 

Da REDAÇÃO

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS