Exposição itinerante alerta a população sobre malefícios do trabalho infantil

“Um Mundo Sem Trabalho Infantil” retrata as piores formas de exploração da mão de obra de crianças e adolescentes.

A exposição itinerante “Um mundo sem trabalho infantil”, que retrata as piores formas de exploração ilegal da mão de obra de crianças e adolescentes, estará em cartaz de terça até o dia 1 de outubro, no Riopreto Shopping, e a partir de 01/10 no Fórum Trabalhista de São José do Rio Preto (Avenida José Munia, 5500 – Chácara Municipal).

A iniciativa é do Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região como parte das atividades do Programa de Combate ao Trabalho Infantil e de Estímulo à Aprendizagem da Justiça do Trabalho. A exposição, que já foi exibida em cidades como Brasília, Curitiba, Presidente Prudente, Bauru, Campinas e Aparecida, tem o objetivo de conscientizar a sociedade de que é preciso, com urgência, exigir o respeito aos direitos desses jovens, conforme estabelece a legislação brasileira, sobretudo a Constituição Federal e o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

Dhoje Interior

A mostra retrata como ainda hoje, no País, crianças e adolescentes dos 5 aos 17 anos são submetidos a expedientes extenuantes, muitas vezes nas piores formas de trabalho infantil, em carvoarias, lixões, empregos domésticos e outras formas de exploração. O problema, entretanto, vai muito além de trabalhos perigosos e insalubres, incluindo atividades criminosas como escravidão, abuso sexual e exploração infantil, como a exposição também revela. A mostra é composta por 17 painéis, com destaque para o maior deles, de 10 m X 1,8 m, que traça uma “linha do tempo” sobre o trabalho infantil no País.

Da REDAÇÃO