Ex-secretário de Saúde defende fechamento de Rio Preto

Ex-vereador e ex-secretário Cacau Lopes participou da Tribuna Livre / Foto: TV Câmara

O ex-secretário de Saúde e ex-vereador José Carlos Cacau Lopes utilizou a tribuna livre da Câmara de Rio Preto de forma remota nesta terça-feira (4) e afirmou que a estratégia adotada pelo município para combater a Covid-19 está equivocada.

Ele defende que Rio Preto mude sua estratégia e feche a cidade de forma mais rigorosa por três semanas e que a partir daí poderíamos ter uma melhora no quadro de casos do coronavírus.

Dhoje Interior

“Se fechássemos por um mês, abriríamos com segurança”, destacou Cacau, que faz parte de um grupo que apoia o isolamento mais firme para combater a Covid denominado “Movimento em Defesa da Vida”.

Cacau salientou que a abertura de forma mais ampla dos estabelecimentos, a partir do início de junho, os casos cresceram. Ele afirmou que antes da abertura eram 703 casos positivos e na última atualização dos números dessa semana, a cidade tem 9.599 casos de Covid-19.

Outro dado trazido pelo ex-vereador traz a crescente do número de óbitos. Em abril, foram 8 óbitos, em maio 15, em junho 57, em julho o número subiu para 160 e em agosto até o momento 17 óbitos. Ele destaque que antes de 1º de junho quando começou a funcionar o Plano SP foram registrados em Rio Preto 23 óbitos e a partir desta data o número foi de mais 234 mortes por Covid.

Por Sérgio SAMPAIO – Da Redação Jornal DHoje Interior