“Eu acredito que não é o momento de flexibilizar”, afirma secretário de Saúde

Foto_Divulgação

O secretário de Saúde de Rio Preto, Aldenis Borim, afirmou durante a coletiva na manhã desta quinta-feira (02) que não é o momento de flexibilizar a abertura do comércio da cidade. “Eu acredito que não é o momento de flexibilizar”, alertou o secretário.

A flexibilização da abertura do comércio deve ser um dos principais questionamentos que serão feitos pelos vereadores de Rio Preto que participam de uma reunião na tarde de hoje (02) no 09º andar da Prefeitura com a participação dos parlamentes e membros do Comitê do Coronavírus da cidade. O presidente da Câmara, Paulo Pauléra (Progressistas) que requisitou a reunião emergencial afirmou que todos os vereadores estão recebendo questionamentos da população sobre este tema.

Dhoje Interior

O secretário afirma que a reunião tem como objetivo informar os vereadores sobre tudo que está acontecendo no município e que foi detectado pela Secretária de Saúde e pelo Comitê relacionado à proliferação do coronavírus (Covid-19) em Rio Preto.

O Comitê vai avaliar uma a uma as perguntas que serão feitas pelos parlamentares e responder claramente e tecnicamente cada uma delas. Uma das principais dúvidas é porque alguns estabelecimentos podem funcionar e outros não.

Comércio Varejo – o secretário deixou bem claro que a reabertura neste momento das lojas de varejo traria consequências gravíssimas para a saúde pública, isso segundo ele foi demostrado no mundo todo onde essa atitude foi tomada. “Nós teríamos  uma epidemia sem precedentes se abríssemos agora”, finalizou.