Estudante aplica parte de herança em bitcoins e é vítima de ‘pirâmide financeira’

Um estudante rio-pretense, de 18 anos, morador no bairro Quinta das Paineiras, procurou a Polícia Civil de Rio Preto na tarde desta terça-feira para registrar queixa de estelionato contra uma empresa de Itajaí/SC.

Segundo a vítima, depois de receber uma herança, em dezembro do ano passado aplicou R$ 10 mil em bitcoins (moeda virtual).

Até abril de 2019, ele teria lucrado com o investimento R$ 6 mil, o correspondente a 15% ao mês.

A partir de então, o jovem descobriu que não teve mais lucro e nesta segunda-feira tomou conhecimento de que a empresa catarinense havia dado o golpe da ‘pirâmide financeira’ em várias pessoas.

O caso segue sendo investigado em Rio Preto e em Itajaí. Até o fechamento desta matéria, não havia informações precisas sobre o número de vítimas e o montante total do prejuízo.

Daniele JAMMAL

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS