Especialista acredita em boa geração de cirurgiões

Uma das especialidades médicas mais procuradas pelos residentes, a cirurgia geral, foi tema da 4ª edição da Noite de Especialidades da FACERES, Faculdade de Medicina de Rio Preto, realizada na noite de ontem, no anfiteatro da instituição.

Cirurgião geral e do trauma, Bruno Peron, 35 anos, que é professor na FACERES e atua no Hospital de Base de Rio Preto, Hospital Padre Albino, em Catanduva, além do Samu de Catanduva e no Grau (Grupo de Resgate Atenção as Urgências), que atua junto com o Corpo de Bombeiros, se mostrou otimista com os 120 alunos que participaram do evento.

“Acho que tem muita gente interessada. A cirurgia é uma área apaixonante, e quem gosta não consegue viver longe. E aqui tem bastante gente interessada, que domina, tem interesse e tem uma possibilidade de termos grandes futuros cirurgiões”, afirmou.
Bruno Peron também falou com os acadêmicos sobre vários outros pontos da área. “Tentei direcionar os alunos sobre como está o mercado da cirurgia, como é a residência, quais são os pré-requisitos, tentar dizer um pouco o que eles vão passar até chegar a formação de um cirurgião geral, desmistificar um pouco a ideia de que a cirurgia geral é muito difícil, que é uma coisa só para o público masculino, que realmente não é e tem muita mulher que está desenvolvendo muito bem os trabalhos na cirurgia geral”, finalizou.

A próxima edição da Noite de Especialidades da FACERES acontecerá no dia 3 de outubro, e o tema será Cardiologia.

 

Por Marcelo SCHAFFAUSER

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS