Escorpiões estão na mira do mutirão da Prefeitura

Principal objetivo do Mutirão da Limpeza e da Saúde é recolher o maior número de sujeira e limpar os espaços públicos da cidade para que não haja uma futura epidemia de escorpições. Há relatos de moradores que encontraram o escorpião dentro de casas, mas ainda nenhum foco foi localizado.

O Mutirão da Limpeza e Saúde que já recolheu mais de três toneladas de lixo e entulho pelas vias públicas de Rio Preto segue com ações pelo município e um dos objetivos é a necessidade emergencial de diminuir a infestação de escorpiões. A situação de sujeira no ambiente urbano devido ao acúmulo de descarte irregular de resíduos favorece a proliferação de insetos, que são a principal fonte de alimento aos escorpiões.

Segundo o gerente de Vigilância Ambiental de Rio Preto, Abner Alves, pelo município não existem focos definidos do aracnídeo, o que há é uma infestação generalizada no ambiente urbano, em todas as regiões da cidade, independentemente do bairro. “Temos registros da ocorrência de escorpiões e dos acidentes envolvendo os escorpiões, em toda a cidade. Através do georeferenciamento que é feito continuamente, identificamos essa distribuição ampla por toda a área urbana de Rio Preto. Então, não existe um foco delimitado. Existem regiões que apresentaram no ano passado maiores índices com a presença do animal bem como acidentes”, explicou.

Essas regiões já estão sendo trabalhadas prioritariamente no mutirão e englobam os bairros Nova Esperança, Cidadania e Santo Antônio. A eliminação de todos os resíduos ajuda no combate ao escorpião, pois indiretamente acaba reduzindo a oferta de alimentos ao aracnídeo. “Diretamente eliminando todos esses resíduos se elimina o escorpião e indiretamente se reduz sua oferta de alimentos. Então, o mutirão é essencial para a saúde pública e vem ao encontro direto da proposta de diminuição imediata dessa infestação”, disse Alves.

O gerente alerta que é necessário os moradores terem consciência sobre o descarte correto e adequado de lixo e entulho, que pode ser feito em pontos de apoio da prefeitura municipal espalhados pela cidade. A segunda orientação destacada por ele é sobre a necessidade de manter o quintal limpo de todos os materiais e descartes que possam conter lixo e restos de alimento, intensificando o aparecimento de insetos, como baratas. “Além disso, alguns cuidados como utilizar o ralo “abre/fecha” ou tapar o ralo com um tapete ou tela milimétrica, colocar soleira na porta para impedir a entrada de insetos por baixo dela, afastar da parede os berços para que ele fique protegido também são importantes”, afirmou.

O Mutirão da Limpeza e Saúde já visitou os seguintes bairros: Parque Nova Esperança, Parque da Cidadania, Lealdade e Amizade, Santo Antônio, Cidade Jardim e São Marcos (em andamento). As avenidas Juscelino Kubistchek de Oliveira (4 km de extensão), Avenida José Munia (3km de extensão) e nos Pontos de Apoio dos bairros acima citados também já foram realizadas vistoria e limpeza nos terrenos e nas áreas públicas.

De acordo com o cronograma da secretaria de Serviços Gerais, os próximos bairros a serem visitados são: São Marcos, Cidade Jardim, Caic, Vila Toninho e Distrito de Engenheiro Schmitt. O bairro Lealdade e Amizade onde já foi feita a faxina, mas foram registrados novos descartes de lixo doméstico e entulho receberá uma nova visita da equipe de limpeza. Haverá também uma complementação da limpeza pelas Avenidas J.K. e José Munia.

 

Por Priscila Carvalho

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS