Enquanto uns comemoram, outros sofrem: saiba como proteger o pet dos barulhos de rojões

É copa! Época de festa para os brasileiros, época de comemorar soltando fogos e rojões. Mas enquanto uns comemoram, outros sofrem.

Os cães são os mais prejudicados nesta época do ano, os bichanos possuem uma capacidade auditiva diferente do ser humano, eles conseguem detectar sons até quatro vezes mais distantes, isso acontece por razões de evolução e adaptação. E por isso, muitas vezes ficam com medo e acabam fugindo de casa, a fim de procurar um lugar mais seguro.
Para que os pets não sofram tanto, a veterinária Luciana Helaine Garcia alertou sobre os cuidados que devem ser tomados.

“É sempre bom deixar o animal em um lugar aconchegante e sempre deixar uma televisão ligada com um som confortável. O ideal é sempre estar junto aos animais, mas nem sempre isso é possível. Uma dica muito boa é colocar um algodão no ouvido do pet para abafar o som”, conta Luciana.

Outra maneira, é o truque do pano, que é muito divulgado nas redes sociais e foi desenvolvido por Linda Tellington-Jones, que consiste em “amarrar” o cão com um pano para que a circulação sanguínea do corpo seja estimulada, e assim, amenizar as tensões e diminuir a irritabilidade. Para fazer, basta utilizar uma faixa de pano macio e firme, amarrar ao animal de modo a que abrigue o peito e o dorso, finalizando com um nó na região da coluna. A pressão exercida sobre o corpo do animal causa sensação de segurança e deixa o cão menos agitado. (Colaborou: Carol PASCHOALON)

 

Da REPORTAGEM

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS