Encontro de cidades da região tem enfoque no desenvolvimento do turismo

Prefeito Edinho Araújo discursa durante reunião da Associação dos Municípios da Araraquarense

O auditório do Ciesp Rio Preto foi palco nesta manhã para a reunião da Associação de Municípios da região Araraquarense (AMA) que recebeu o secretário de Estado do Turismo, Laércio Benko, além de prefeitos e secretários de turismo da região. A pauta da reunião foi a importância das cidades que não são Estâncias Turísticas se transformarem em Municípios de Interesse Turístico (MIT).

Atualmente o Estado de São Paulo possui 70 estâncias turísticas que após conseguirem esse título, recebem uma verba anual de um milhão de reais para ser investida no turismo, consequentemente gerando mais emprego a população. Foram criadas mais 140 vagas para Municípios de Interesse Turístico, que também poderão receber recursos no valor de R$ 650 mil por ano do Fundo de Melhoria dos Municípios Turísticos, que é administrado pelo DADE (Departamento de Apoio as Estâncias). Todos os municípios do Estado de São Paulo (exceto os que já possuem o título de Estância) podem pleitear o Título de Município de Interesse Turístico por meio de um Deputado Estadual.

Para o secretário de Estado do Turismo, Laércio Benko, há uma preocupação em desenvolver o turismo na região noroeste, fato que também parte do governador Geraldo Alckmin, “É uma importância muito grande para essa região que precisa de geração de emprego e distribuição de renda. O governador como gestor público focado no século XXI, entende que a indústria do turismo é a grande indústria para que isso possa acontecer, pra que se possa distribuir renda, se possa gerar emprego. Porque ao contrário da indústria robotizada, da agricultura mecanizada, serviços informatizados, é através do turismo que se gera emprego. Então é importante essa parceria com as prefeituras para a criação de infraestrutura turística, para a criação de produtos turísticos, para que se possa gerar emprego e distribuir renda para essa e outras gerações”, disse o secretário Laércio Benko.

Pela região, Novo Horizonte está no topo da lista para se tornar uma cidade turística. O município que está a 105 km de Rio Preto encanta os turistas com beleza provinda do Rio Tietê e atividades relacionadas ao ecoturismo. Atualmente no Estado há 210 municípios que são considerados cidades turísticas.

Já para Rio Preto, o Secretário de Turismo Liszt Abdala, disse que a cidade procura conseguir o título de Município de Interesse Turístico e a considera como uma forte candidata, “Rio Preto vai ser uma forte candidata a ter esse reconhecimento turístico. Nós estamos prontos com todo planejamento municipal pronto, temos ações prontas para recebermos esse título e termos as verbas para reinvestir no turismo da cidade e contribuir com o desenvolvimento econômico da cidade e da região. Rio Preto tem uma vantagem: tudo o que se faz aqui ecoa nas cidades vizinhas e isso é importante até para o desenvolvimento turístico”, afirmou Abdala.

Por Priscila CARVALHO

SEM COMENTÁRIOS