Encerramento das atividades de 2017 da LBV foi coroado com festa

A Legião da Boa Vontade proporcionou uma festa a seus atendidos na tarde de segunda-feira (11). A confraternização, que marcou o encerramento das atividades de 2017, reuniu crianças e familiares no Centro Comunitário de Assistência Social da Instituição. A festa contou com apresentação cultural, deliciosas guloseimas, cama elástica e divertidas brincadeiras com a participação do palhaço Pererinha, além da entrega de presentes para a garotada. Na festividade os pais interagiram com as crianças durante as brincadeiras.

Maria Heloisa Nobre, mãe da Giovana, de 8 anos, aprovou a iniciativa. “Estou adorando esta festa. É gratificante ter minha filha aqui na LBV, ela iniciou há quatro meses e já posso falar o quanto melhorou no seu desenvolvimento, tanto na parte religiosa como na educação, além da na mudança de nossos hábitos. Não falávamos de amor de Deus em nosso lar e a Giovana começou a trazer a oração para dentro de casa, então tudo melhorou. Antes ela era uma criança que respondia, mas depois que entrou na LBV ela aprendeu a se controlar, respeitando o próximo, e a dividir. Estou muito feliz e espero que sempre tenha pessoas ajudando e contribuir para que o projeto consiga se manter para essas crianças que estão aqui e continuem permanecendo nesse meio com essa alegria. Obrigada!”, destacou.

Giovana também fez questão de contar sua experiência. “Gosto de fazer tudo o que as educadoras ensinam na LBV. Aqui aprendemos a reciclar, aprendemos sobre o bulling e cyberbullyng e a não jogar lixo na rua”, comentou.

“Renan participa do programa da LBV e está fazendo muita diferença, porque ele é filho único e tinha muita dificuldade em compartilhar. Depois que ele entrou no programa, aprendeu dividir os brinquedos, interagir nas brincadeiras, comer sozinho, colocar o alimento no prato, a oração diária que é muito importante, além das atividades que ensinam sempre a ajudar um ao outro, que é o mais importante e me ajuda na educação dele”, comentou Regiane Gomes, cujo filho, Renan Gomes, de 8 anos, é atendido pela instituição.

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS