Mulher perde bebê em acidente provocado por empresário embriagado

Uma mulher de 42 anos grávida de dois meses e o marido dela foram atropelados enquanto trafegavam com a motocicleta pela avenida Potirendaba, no bairro Cidade Jardim, em Rio Preto, no início da noite deste sábado (9). A mulher foi socorrida pelo Samu e levada para o UPA Tangará, onde foi constatado através de exames a morte do bebê.

Ao atender a ocorrência de acidente de trânsito, os policiais militares se depararam com a caminhonete Hilux parada no canteiro central da avenida. No local, haviam outros veículos que foram atingidos pelo motorista embriagado. Ao todo, foram danificados um Fox, um Astra, uma Kombi e a moto CG 150 do casal.

De acordo com o boletim de ocorrência, o empresário L.P., de 69 anos, estava visivelmente embriagado, pois possuia fala pastosa, odor etílico e olhos avermelhados, inclusive o próprio condutor da Hilux afirmou que tinha ingerido bebida alcóolica. Ao realizar o teste do bafômetro, foi constatado a presença de 0,97mg de álcool por litro de ar expelido. Após ser medicado no Hospital da Unimed, o motorista foi conduzido ao Plantão Policial, onde foi preso em flagrante.

Ao ser interrogado pelo delegado, o autuado confirmou que ingeriu bebida alcóolica  durante o almoço e, que no momento do acidente teve um mal súbito. Após ser ouvido, foi estipulado o pagamento de uma fiança no valor de R$3 mil e determinado o Álvara de Soltura do autuado. O empresário vai responder em liberdade pelo crime de embriaguez ao volante.

Por: Harley PACOLA

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS