Empresa começa limpeza dos 32 piscinões rio-pretenses

Piscinões servem para reter água das chuvas e diminuir o risco de enchentes

Começou nesta quinta-feira, dia 1, a limpeza das lagoas, reservatórios e poços de retenção de águas pluviais, mais conhecidos como piscinões. O serviço será realizado nos 32 piscinões que estão instalados em toda a cidade.

A empresa contratada para fazer o serviço, Submar Serviços Subaquáticos Ltda, iniciou a limpeza na lagoa localizada à rua Antonio José Martins Filho (paralela à avenida JK, atrás do Muffato Supermercado). Neste local existe um reservatório com capacidade para 35 mil metros cúbicos de água e estava repleto de sedimentos (terra e vegetação), o que impedia o escoamento das águas pluviais aos córregos adjacentes.

Dhoje Interior

“Com a limpeza, além de evitar o acúmulo de sujeira e os criadouros de mosquitos, também vamos fazer com que os piscinões exerçam suas funções, que é de reter a água e liberar aos poucos aos córregos, Canela e Borá, evitando as enchentes”, afirmou o secretário de Obras, Sérgio Issas.

A limpeza contemplará roçada e remoção de toda a vegetação independente do porte e densidade, assim como remoção de lixo na área da lagoa de detenção.

O Canal do Rio Preto, no trecho entre o vertedouro do lago 1 da Represa Municipal até a Av. Antônio Marques dos Santos, será limpo.

Ao todo, serão investidos R$ 2.724.523,26 para o serviço que será executado em 12 meses.

“Nós tínhamos os piscinões, mas não tínhamos mão de obra e maquinário correto para fazer a limpeza. Foi preciso abrir uma licitação para que o serviço fosse feito. A licitação demorou, mas saiu e agora teremos mais esse problema resolvido. A população pode ficar tranquila que estamos trabalhando bastante para melhorar cada vez mais a nossa cidade”, afirmou o prefeito Edinho Araújo, que acompanhou o início dos trabalhos na manhã desta quinta-feira.