Empreendedores encaram o desafio de começar um negócio na pandemia

A pandemia causada pelo coronavírus gerou diversas incertezas no comércio, com possibilidades constantes de fechamento e alteração de horários para diminuir as aglomerações. Os lojistas dos shoppings em Rio Preto foram uns dos que mais sofreram no período, pois só conseguiram reabrir no dia 1 de junho. Antes disso, a maioria teve que passar a utilizar o sistema de delivery para não ficar totalmente parado. Apesar dessa situação, alguns empreendedores resolveram se arriscar e começar um novo negócio durante a pandemia.

No Riopreto Shopping foram inauguradas duas lojas e outras três foram reformadas entre os meses de abril e junho. Uma das lojas que começaram foi no setor de vestuário infantil. “Nós já tínhamos uma loja no bairro Redentora e resolvemos migrar para o Shopping, mas a pandemia adiou a inauguração. A chegada do clima mais frio tem ajudado os negócios neste momento e minimizando as despesas que tivemos durante o período que tivemos que fechar as portas. Continuamos com o sistema de delivery, mas as pessoas preferem mesmo a loja física”, comentou Micheli Dias, proprietária da Magia Kids Store, junto com sua sócia Sandra Simal.

Dhoje Interior

No Plaza Avenida Shopping, foram abertas quatro novas lojas durante a pandemia. O proprietário da Havok Store (loja especializada em produtos da marca Xiaomi), Bruno de Jesus Taveira, falou sobre a experiência de inicia um negócio em meio a uma crise. “Era para ter começado em abril, mas iniciamos mesmo no dia 1 de junho, quando permitiram a reabertura do shopping. Nosso segmento tem uma procura relativamente boa, ainda mais com as pessoas ficando mais tempo em casa, mas acho que no geral é muito difícil começar um negócio neste momento”, afirmou.

No Praça Shopping, há previsão de inauguração de duas lojas, mas ainda não há data. Já o Shopping Iguatemi não informou a quantidade de lojas que abriram durante o período. O shopping Cidade Norte afirmou que algumas lojas aproveitaram o período para realizar algumas reformas e que outras estão em detalhes em finais para inaugurar.

Por Vinicius LIMA – redação Jornal DHoje Interior