Em uma semana, 200 caminhões de lixo são recolhidos em mutirão

entulhos - Colchões encharcados, móveis, televisores, sofás e até porta de carro foram recolhidos pelo mutirão

Mil e 700 toneladas, ou 200 caminhões de lixo e entulho. Isso é o que já foi recolhido pelo “Mutirão da Limpeza e Saúde” em uma semana de trabalho, segundo o Secretário de Serviços Gerais, Ulisses Ramalho.

“As chuvas estão atrasando o serviço de roçada, já que o mato alto fica muito molhado e as máquinas e tratores estão atolando em alguns locais, onde o barro e a lama estão maiores. Mesmo assim, mil e 700 toneladas de lixo recolhidos são expressivos”, afirmou Ramalho, que espera retirar 1.800 caminhões de lixo, até o final do mutirão.

Atualmente o mutirão está no bairro Santo Antônio, o ponto mais crítico até o momento, e deverá permanecer pela região da Zona Norte, passando pelos bairros do Planalto e Arroyo durante esta semana. O primeiro bairro visitado pelo arrastão foi o Nova Esperança.

Entre os objetos recolhidos e descartados em locais indevidos, o mutirão já retirou aparelhos de TV, sofás, móveis de casa, colchões encharcados, além de painéis de carro, portas de carro e casa.

A Secretaria de Comunicação orienta a população que o lixo deve ser descartado nos locais corretos, que são os 15 pontos de apoio espalhados pela cidade.

ESCORPIÕES E DENGUE
Trabalhando também na prevenção de focos da dengue e em possíveis criadouros de escorpiões, os agentes de saúde já visitaram cerca de três mil residências e de acordo com o gerente da Vigilância Ambiental, Abner Alves, hoje as visitas serão intensificadas nos bairros Santo Antônio, Planalto e Jardim Arroyo.

“Os agentes estão orientando os moradores sobre a importância de não deixar latas, garrafas nos quintais, principalmente nesse período chuvoso, já que são criadouros do mosquito palha. Estão orientando também sobre a colocação de panos e tampas nos ralos para evitar a entrada de escorpiões”, disse Alves.

A Secretaria de Comunicação também colocou um carro de som circulando pelos bairros anunciando a chegada do mutirão de limpeza e pedindo para que os moradores recebam bem os agentes de saúde.

 

Por Marcelo SCHAFFAUSER

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS