Em quadrinhos, projeto conscientiza produção de borracha de qualidade

NOS QUADRINHOS - Ideia do gibi “Programa Borracha Legal” é conscientizar a produção de borracha de qualidade e beneficiar sangradores, produtores e indústrias

Associação Paulista de Produtores e Beneficiadores de Borracha (Apabor) fez o lançamento do gibi “Programa Borracha Legal”, ontem, no hotel Hyatt Place.

Na tarde de ontem, a Associação Paulista de Produtores e Beneficiadores de Borracha (Apabor) realizou o lançamento do “Programa Borracha Legal”, em formato de gibi, no hotel Hyatt Place, no Shopping Iguatemi, que tem como objetivo conscientizar a produção de borracha de qualidade e beneficiar toda a cadeia produtiva, que passa pelo sangrador, donos das propriedades e indústrias.

Presidente da Apabor, Wanderley Sant’Anna, falou sobre o lançamento. “Queremos evitar o que muitas vezes acontece, que é um relaxo na produção. Então, estamos chamando a atenção, porque queremos um produto de borracha limpa, sem defeito, que é melhor para todo mundo. E que tenha também horas de descanso para ser entregue”, explicou o presidente, que também alertou para os perigos de um produto com defeitos.
“Uma borracha com defeito pode gerar um pneu que vai dar problema, ou uma câmera de ar, que pode estufar e arrebentar”, afirmou Sant’Anna.

Para o diretor executivo da Apabor, Diogo Esperante, a ideia do gibi é trazer uma adição de valor para o setor. “Não queremos produzir um produto de ótima qualidade técnica e a despeito do que aconteça com as pessoas envolvidas. Em uma conferência internacional, que estivemos presentes no ano passado, foi muito discutido o que eles chamavam de os três “p”, que são: pessoas, planeta e o produto. E são esses três “p” que tentamos abarcar agora com esse programa, queremos produzir uma borracha que não seja só boa como produto, mas que ela seja boa para as pessoas como produção, e para o planeta”, finalizou.

 

Por Marcelo SCHAFFAUSER

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS