Em greve: alunos da Unesp ocupam campus do Ibilce em Rio Preto

Dentre as reivindicações dos alunos estão a falta de novas contratações há mais de quatro anos

Estudantes da Unesp – Ibilce em Rio Preto estão em greve. Desde segunda-feira (04) as atividades pedagógicas de todos os cursos da faculdade foram suspensas. Dentre as reivindicações dos alunos estão a falta de novas contratações há mais de quatro anos e até mesmo salários atrasados de professores, como 13º salário do ano passado.

Foi realizada uma assembleia no dia 04 de junho, com a presença de 478 alunos regularmente matriculados na instituição de ensino. Houve a votação, que contou com 62 votos contrários a greve, 299 favoráveis e 94 abstenções. Como ficou definida pela maioria, a greve foi deflagrada a partir da meia noite desta terça-feira (05), com a ocupação do campus pelos alunos do movimento.

Durante a tarde desta terça-feira (05) haverá ainda uma assembleia entre o corpo docente para decidir se os professores também farão greve.

Procurado pela equipe de reportagem, o comando de greve do Mobiliza Ibilce não quis se pronunciar a respeito da situação. Em nota postada nas redes sociais do grupo afirmaram: “Ainda é cedo para comemorar alguma vitória, contudo já conquistamos um espaço além das salas de aula para debater e mobilizar forças para a luta. Que a luta continue e que possamos construir um movimento forte, respeitoso e válido”.

Em nota a direção do Ibilce/Unesp afirma que ainda não foi notificada perante a greve e que irão se pronunciar assim que tiverem uma posição superior.

 

Por Priscila CARVALHO

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS