Eleuses se despede da Saúde e Aldenis assume a pasta

Após pedir afastamento do cargo de secretário da Saúde, no mês de agosto, para tratar da própria saúde, Eleuses Paiva deixou, na tarde de ontem, oficialmente a pasta e agora ficará apenas com o cargo de vice-prefeito de Rio Preto.

O anúncio feito pelo prefeito Edinho Araújo, que também confirmou o novo-antigo nome que assume a Saúde rio-pretense. Aldenis Borim, que já respondia pela pasta de forma interina, foi confirmado para o cargo.

“Na realidade nós não estamos saindo de nada. Continuamos na vice-prefeitura, e o pedido do prefeito Edinho foi que eu ajudasse nesse momento, não só na área de saúde, como nas demais secretarias e também pudesse fazer uma ponte entre o município de Rio Preto, o Estado e Brasília. Então, estou a disposição do prefeito para o que ele julgar necessário”, afirmou Eleuses, que também esclareceu seu estado de saúde.

“Eu fiz uma cirurgia de vesícula, apresentava pólipos de vesículas, na realidade o número foi maior do que nós esperávamos, foram nove pólipos de vesícula, dois desses apresentaram alguma alteração celular, mas que não caracterizou uma lesão cancerígena, e sim como uma lesão pré-cancerígena. Portanto, provavelmente a cirurgia tenha resolvido o problema. Daqui 90 dias nós vamos fazer uma nova avaliação, mas posso garantir que estou muito bem disposto, animado e volto com gás novo para poder ajudar o prefeito Edinho e poder fazer alguma coisa pela nossa cidade”, finalizou Eleuses.

Novo secretário, Aldenis Borim garantiu que nada muda com a saída de Eleuses Paiva e que a prioridade é terminar o ano seguindo o planejamento traçado. “A gente conseguir passar sem desassistência ao paciente, sem desassistência as medições, que são necessárias. Esse é nosso desafio. Todos os projetos foram para gaveta para serem abertos o ano que vem, porque nós não temos dinheiro novo e não podemos nos privar de dar essa assistência em função de qualquer outro projeto”, disse Aldenis, que não garantiu sua permanência na pasta para o ano que vem.

“Nós temos um compromisso tanto com o Eleuses quanto o prefeito de dar continuidade a esses projetos. Se a gente chegar a um momento que esses projetos foram plenamente executados, a gente pode voltar a discutir a continuidade, ou não, porque eu também tenho uma vida fora da secretaria, que é intensa, e preciso conciliar com tudo isso. Mas nós vamos terminar todos esses projetos. Então, não pretendemos, em curto prazo, sair da secretaria”, finalizou.

 

Por Marcelo SCHAFFAUSER

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS