Edinho destaca orçamento curto como principal desafio dos seis meses de governo

No balanço dos seis meses de governo, comemorados hoje, o prefeito Edinho Araújo (PMDB) apontou mais uma vez a crise financeira como principal desafio de governo. Segundo o peemedebista, o orçamento “curto” e a falta de recursos para investimentos foram as principais dificuldades encontradas até aqui.

Apesar de colocar a situação econômica como obstáculo, Edinho destacou como conquistas a continuidade das obras da BR-153 e o anúncio do Instituto Federal. “Procuramos arrumar a casa e temos muito a comemorar: a garantia de recursos para a duplicação da BR-153, no trecho urbano de Rio Preto, verba do governo federal para a ampliação da Estação de Tratamento de Esgoto e a confirmação do campus do Instituto Federal”, afirmou.

Sobre a recuperação das ruas e avenidas esburacadas, Edinho falou em 81 quilômetros recapeados, serviços de tapa-buracos em andamento e a continuidade das obras de mobilidade urbana.

Na Saúde, o prefeito elencou os mutirões para reduzir as filas de exames e consultas, o anúncio da implantação do Poupatempo da Saúde e a redução dos casos de dengues em Rio Preto como feitos positivos da gestão.

Na Educação, Edinho ressaltou a criação de 5 mil vagas na rede municipal de ensino, entre outras mudanças da pasta consideradas pelo governo como avanços.

Sobre saneamento e abastecimento da cidade, Edinho lembrou do recurso de R$ 60 milhões do Governo Federal para ampliação da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) para 600 mil atendimentos.

Prefeito ainda comemorou a retomada do Festival Internacional de Teatro (FIT) em parceria com o SESC e a entrega de 1.536 casas no Residencial Solidariedade com a presença do presidente Michel Temer.

 

Por Francela Pinheiro

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS