Edinho assina ordem de serviço para obras no Córrego do Limão

Ladeado por assessores e vereadores, o prefeito Edinho assinou, nesta segunda-feira, ordem de serviço para as obras

Na tarde de ontem, o prefeito Edinho Araújo (MDB) assinou uma ordem de serviço em seu gabinete. Dessa vez, sobre a implantação de galerias de águas pluviais no Córrego do Limão entre os residenciais Gabriela e Angélica. A obra ficou orçada em R$ 1.369.477,19 e deve ser concluída em 180 dias.

A Constroeste Construtora já tem permissão da Cetesb (Companhia Ambiental do Estado de São Paulo) para início imediato. “Queremos cumprir com esse prazo para que não cheguemos ao final do ano, meados de novembro, por exemplo, e as chuvas atrapalhem o início e o andamento das obras”, comentou Edinho.

Além de Edinho, o diretor da Constroeste, Denner Fernandes Beato, também falou sobre o período necessário para a conclusão das obras.

“São seis meses, início imediato e nós, tendo condições, orçamento aprovado e condições climáticas, vamos entregar a obras dessas instalações no prazo combinado”, afirmou Beato que foi aplaudido por Edinho, que em seguida ergueu as mãos aos céus e brincou: “Não sou eu quem está prometendo”.

Ao lado dos vereadores Celso Peixão (PSB) e Anderson Branco (PR) e dos secretários de Obras, Sérgio Issas, de Serviços Gerais, Ulisses Ramalho de Oliveiro, e de Trânsito Amaury Hernandes, Edinho destacou a importância da realização de mais essa obra.

“É uma questão de correção do avanço da erosão. Os moradores daquela região estão com mobilidade reduzida, apenas uma pista, de três, funcionando. Precisamos garantir que eles tenham acesso a 100%. É como sempre digo, está ruim agora, para melhorar lá na frente”, ressaltou.

LIBERAÇÃO DE VIA

O prefeito, ao lado de Amaury Hernandes, aproveitou a ocasião para anunciar a liberação do acesso à BR 153 para quem utiliza a Avenida José Munia, nesta terça-feira (11).

“A saída ainda está em obras. Então, acreditamos que em mais ou menos dois meses todos os acessos estejam liberados”, finalizou o secretário de Trânsito.

Por Ygor Andrade

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS