“É injusto apontar o setor produtivo como vilão do contágio”, diz presidente da Acirp

O presidente da Associação Comercial e Empresarial de Rio Preto (Acirp), Kelvin Kaiser, divulgou um vídeo nesta terça-feira (9) defendendo a ampliação da flexibilização. Kaiser também comentou sobre os casos recentes de Covid-19 no município.

“É injusto e irresponsável apontar o setor produtivo como grande vilão do contágio. As pessoas que estão internadas hoje não podem ter se contaminado nessa flexibilização, que começou há apenas uma semana. A grande verdade é que provavelmente os contágios devem estar acontecendo nos locais classificados como essenciais, como supermercados, bancos e outros estabelecimentos”, afirmou. Ele também citou que muitas pessoas estão promovendo festas e fazendo aglomerações como fator que está dispersando o vírus na cidade.

Dhoje Interior

Para Kaiser, com a flexibilização responsável é possível trabalhar sem aglomerações. “A maioria do comércio da nossa região é de pequeno porte, que atende poucos clientes por dia. Estamos fazendo uma campanha de conscientização para nossos associados. É importante deixar claro o papel da população para diminuir o contágio. Veja as recomendações necessárias para o seu setor produtivo. Essa crise só vai passar quando o setor produtivo voltar a gerar empregos”, comentou Kaiser.

Até o momento, Rio Preto contabiliza 979 casos de Covid-19, com 602 curados e 31 óbitos.

Por Vinicius LIMA