Dornelas é acusado de exercício irregular da profissão de advogado

Presidente da Sociedade Protetora dos Consumidores (Soprocon), o vereador e advogado Jean Dornelas (PSL) dará explicações para a Delegacia Seccional de Rio Preto referente denúncia de exercício ilegal da profissão. Ele é acusado de captar clientes irregularmente por meio da entidade. Um termo circunstanciado foi elaborado a partir de apuração interna sobre o caso feita pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e Ministério Público.

De acordo com Dornelas, ele e a entidade estão sendo alvos da gestão anterior da OAB. “Estão tentando manchar minha imagem e dessa entidade, no qual realizamos por mais de seis anos atendimento gratuito para pessoas humildes. A gestão passada da OAB montou um processo disciplinar contra minha pessoa pelo fato de colaborar e orientar as pessoas sem cobrança”, explicou o vereador em vídeo em sua rede social.

Dornelas, que já foi diretor do órgão de defesa do consumidor na gestão do prefeito Valdomiro Lopes (PSB), preside a Sociedade Protetora dos Consumidores. A entidade tem como objetivo atuar em defesa do consumidor, na orientação das reclamações, informações sobre direitos de forma imediata, sem a necessidade de ações judiciais e sem a cobrança de qualquer valor.

Segundo informações, a entidade realiza uma média superior a 120 atendimentos por mês, entre orientações e solução de problemas do consumidor. No ano passado, a unidade instalada na Região Norte ganhou melhorias e foi reinaugurada.

A reportagem do DHoje tentou entrar contato com o advogado Milton Vieira Mello, responsável pela gestão passada da OAB, mas o mesmo não foi encontrado. O atual presidente da Ordem, Marcelo Henrique, disse que “dentro da OAB, todos os processos de ética e disciplina contra o advogado representado correm em sigilo por previsão de lei”, finalizou.

Por Vinícius MAIA

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS