Donos de restaurantes trocam reabertura antecipada por protesto nesta sexta

Empresários do setor de restaurantes que iriam reabrir os estabelecimentos nesta sexta-feira (14), independente de Rio Preto estar na fase Laranja do Plano São Paulo que proíbe a abertura dos estabelecimentos com atendimento presencial, decidiram trocar a reabertura por protesto que vai acontecer nesta sexta, às 18 horas, na Rua Antônio de Godoy esquina com a Rua Pernambuco, na Redentora.

Segundo Laís Accorsi, proprietária de dois restaurantes em Rio Preto, eles decidiram fazer este protesto para mostrar às autoridades que o setor está quebrando e que outros setores como construção civil, bancos e pedágios nunca pararam de funcionar e, enquanto isso, as pequenas empresas, os profissionais liberais e outros tantos foram impedidos de trabalhar.

Dhoje Interior

Eles estão convocando trabalhadores dos setores de beleza (salões e barbearias) e das academias para se juntarem nesta manifestação pedindo para que todos compareçam de roupa e máscaras pretas.

Em outro trecho da nota divulgada pela União dos Restaurantes, eles salientam que quase tudo voltou a funcionar, pessoas se amontoam no transporte coletivo nos horários de pico, filas são constantes nos bancos e supermercados e festas clandestinas estão acontecendo, além do comércio em geral está todo funcionando.

“O governo escolheu como ‘boi de piranha’ os bares e restaurantes, academias e salões de beleza. Não podemos mais aguentar isso. Estamos todos quebrando. Basta! Chega!”, traz parte da nota divulgada nesta quinta-feira (13).

Por Sérgio SAMPAIO – Da Redação Jornal DHoje Interior