DIG prende homem ‘especializado’ em furto de interior de veículo

Policiais da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Rio Preto prenderam um homem em flagrante depois de furtar objetos de dentro de um carro, em Rio Preto, na quarta-feira (21). Ele confessou ser o responsável por furtar vários veículos. Uma semana antes de ser preso, ele havia sido flagrado com um HB 20 que havia furtado.

De acordo com dados da Secretaria de Segurança Pública (SSP), só de janeiro deste ano até outubro, 1.281 casos em que o carro foi levado inteiro embora por ladrões foram registrados em Rio Preto.

Um desses casos foi registrado na tarde de segunda-feira (13), quando um carro Hyundai HB20 que estava estacionado em uma rua do Parque Industrial foi levado embora por um ladrão. O dono conseguiu as imagens de uma câmera de segurança que registraram a ação e entregou a polícia, que conseguiu identificar o suspeito e iniciou as investigações.
No dia seguinte, policiais civis do Núcleo DIG/DISE de Rio Preto encontraram o veículo no bairro Jardim Yolanda, sem as placas. O acusado foi ouvido e liberado, uma vez que não estava em situação de flagrante.

“A partir daí, os policiais passaram a investigar o homem e flagraram o momento exato em que ele furtava objetos de dentro de um veículo. Aí sim ele foi preso em flagrante. Ele disse que era especializado em furtar objetos de dentro de veículos”, disse o delegado da DIG/DISE de Rio Preto Lincoln Oliveira.

Em depoimento, o acusado disse aos policiais que, apesar de sempre furtar apenas objetos de dentro dos veículos, decidiu levar o carro todo depois que encontrou a chave reserva do veículo dentro do portal luvas.

“As pessoas sempre devem estar muito atentas aos objetos que são deixados no veículo. A começar pela chave reserva. Roupas, óculos, tabletes, notebook, enfim, mesmo que não seja um objeto de marca, o recomendado é nunca deixar a vista, porque chama a atenção”, explicou o delegado.

O ladrão usava uma chave de fendas para abrir os carros e, geralmente, furtava os estepes dos carros. “Os estepes são de fácil comercialização, por isso a preferência. É importante sempre deixar o carro estacionado em locais iluminados e de mais movimentados, próximo a comércios, por exemplo”, afirmou o delegado.

De acordo com o gerente comercial das lojas próprias da Seguralta, é recomendado que os motoristas contratem a cobertura para acessórios dos veículos. “Na hora da contratação do seguro nós sempre recomendamos que o motorista contrate a cobertura de acessórios do veículo. É uma maneira de se resguardar”, pontuou.

O delegado Lincoln também orienta que, mesmo em casos de furtos de objetos de valor inexpressivo, as pessoas procurem a polícia para formalizar um registro. “A intensificação de policiamento em determinadas áreas da cidade se dá pelo mapeamento das áreas onde estão acontecendo mais casos de criminalidade. Também uma pequena denúncia ou informação pode ajudar a polícia a chegar a um determinado suspeito. Não precisa nem se identificar, mas vale ligar para o 197 e avisar quando perceber uma ação suspeita”, pontuou o delegado.

 

Por Thais COVRE

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS