DIG localiza 3,2 toneladas de alho roubado em MG e prende homem

Policiais da DIG (Delegacia de Investigações Gerais) conseguiram interceptar, na noite desta quinta-feira (27), um carregamento com 3,2 toneladas de alho roubado em Minas Gerais. Um comerciante foi preso em flagrante por receptação.

De acordo com a DIG, a carga foi roubada de um caminhão, em Campina Verde (MG). O veículo saiu do Goiás e faria a entrega em São Paulo.

Os policiais receberam informações do roubo de carga e descobriram que a carga estaria sendo comercializada em um dos box do Ceasa de Rio Preto. Uma equipe foi destinada até o local e conseguir flagrar a transação e abordaram o comerciante, que apresentou uma nota fiscal, dizendo ter pago R$ 10 mil por 200 caixas de alho, custando cada R$ 50.

Por outro lado, os policiais resolveram contar as caixas e perceberam que eram 322 caixas de 10 quilos de alho, que o preço do mercado atual é de R$ 150, ou seja, seria um valor de R$ 48 mil pagos. Com isso, e sem explicação, o comerciante acabou confessando que comprou a mercadoria de um rapaz que mora em José Bonifácio.

Com todos os fatos apurados, o comerciante foi preso em flagrante por receptação e encaminhado ao Plantão Policial. Ele poderá ficar prego de três a nove anos de prisão. Os policiais ainda tentaram localizar o homem que mora em José Bonifácio, mas ele não foi encontrado. A carga será devolvida para os proprietários em Minas Gerais.

Por Franklin Catan

 

 

 

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS