DIG investiga morte de aposentado

Foto Guilherme Ramos

A equipe de plantão, composta pelo delegado Allan Soares, investigador e agente policial, foi acionada, por volta das 23h10 desta terça-feira, para ir até a residência do aposentado S.A.P., 77, no Jardim Maria Lúcia, na Região Note de Rio Preto. Ao chegarem no local, os policiais civis encontraram o idoso caído, deitado de costas, com sangramento nos braços e rosto.

Segundo o boletim de ocorrência, o portão social estava destrancado, com o cadeado sobre a caixa de correio, e não havia sinais de arrombamento no imóvel.

O neto de P., o panfleteiro R.B.P.M., 21, residente no bairro Gonzaga de Campos, disse que era costume do avô deixar o portão aberto, para solicitar socorro, caso passasse mal.

  1. declarou na Central de Flagrantes que o avô tinha problemas de saúde e que o celular do idoso não foi encontrado. O encontro de cadáver está sendo investigado como morte suspeita.

DA REPORTAGEM

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS