Detran-SP divulga balanço trimestral das principais ações realizadas

Entre janeiro e março deste ano, o Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran.SP) emitiu mais de sete milhões de documentos e manteve 97% de aprovação dos usuários, com avaliações de ótimo ou bom.

Trata-se do maior órgão executivo de trânsito da América Latina, com atendimento aos 645 municípios paulistas, onde estão registrados 24 milhões de Carteiras Nacionais de Habilitação (CNHs) e mais de 30 milhões de veículos. Só no primeiro trimestre, foram emplacados mais de 200 mil veículos Zero Km e registradas cerca de 130 mil novas habilitações.

Confira abaixo outros destaques do período:

Concurso público – Em 30 de março, o Detran.SP lançou edital para promoção de novo concurso público, com 400 vagas destinadas a 224 cidades. O último concurso foi realizado em 2013.

Modernização de unidades – Nos três primeiros meses do ano, o Detran.SP firmou 48 parcerias com prefeituras para modernização de novas unidades de atendimento. Nove postos já estão em processo de instalação nas cidades de Embu-Guaçu, São Pedro, Piraju, Buri, Altinópolis, Itapevi, Bady Bassit, Poá e Rio das Pedras. Ao todo, o Detran.SP tem 247 unidades e 230 seções de trânsito modernizadas no Estado.

Serviços Eletrônicos – Em fevereiro, foi lançado o 38º serviço online no portal www.detran.sp.gov.br: a emissão do cartão de estacionamento para idoso. O serviço está disponível para cidadãos de 342 municípios paulistas, que não estão integrados ao Sistema Nacional de Trânsito (SNT).

Em março, o Detran.SP ultrapassou 12,5 milhões de usuários cadastrados em seu portal. Entre janeiro e março de 2019, mais de 10,3 milhões de pesquisas e serviços foram realizados de forma 100% online no portal e nos aplicativos para celulares e tablets.

Educação para o trânsito – Entre janeiro e março, foram beneficiadas cerca de 7 mil crianças e 142 professores de 12 escolas em três cidades (Conchas, Franca e Guaíra) por meio de aulas de cidadania e educação para o trânsito do Clube do Bem-Te-Vi, programa com quase 30 anos de existência  e mais de 1,5 milhão de crianças atendidas.

Escola Pública de Trânsito – Em março, a Escola Pública de Trânsito (EPT) do Detran.SP lançou o programa T.E.L.C. (Transparência, Ética, Legalidade e Compliance), com o objetivo de reforçar dentro da autarquia e com os parceiros credenciados, como autoescolas, médicos e psicólogos a importância da atuação dentro dos preceitos do Código de Ética da instituição. Já o programa CFCs em Ação, voltado à atualização de profissionais de trânsito que atuam nas autoescolas credenciadas ao Detran.SP, impactou diretamente cerca de 8 mil pessoas e, indiretamente, outras 900 mil no Estado.

Programa Direção Segura – em parcerias com as polícias Civil, Militar e Técnico-Científica, o Detran.SP realizou 61 operações do Programa Direção Segura nos três primeiros meses do ano. Ao todo, foram fiscalizados mais de 17 mil veículos e quase mil condutores foram autuados por embriaguez ao volante ou recusa ao teste do etilômetro. A ação é coordenada pelo Detran.SP e tem como objetivo a prevenção e a redução de acidentes e mortes no trânsito causados pelo consumo de álcool combinado com direção.  Desde que foi lançado, em fevereiro de 2013, o programa já fiscalizou mais de 300 mil veículos, registrando quase 23 mil autuações em mais de 1.300 operações.

Leilão de veículos – mais de 100 leilões foram promovidos no Estado de São Paulo no início de 2019, onde foram disponibilizados cerca de 25 mil lotes para arremate, entre veículos com direito a documentação para voltar a circular, peças destinadas ao setor de desmonte e sucata para reciclagem.

Fiscalização de autoescolas – Ao todo, cerca de 350 autoescolas, médicos e psicólogos foram fiscalizados em 93 cidades.

Da REDAÇÃO

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS