Detento do CDP de Rio Preto cola chip de celular nas costas

Foto ARQUIVO/DHOJE

Agentes penitenciários do Centro de Detenção Provisória (CDP) de Rio Preto apreenderam um chip da operadora Vivo, que estava colado nas costas do detento R.P.C., 42, na manhã desta segunda-feira, durante revista pessoal e blitz no alojamento Z do presídio. O objeto foi entregue na Central de Flagrantes, onde o caso foi registrado.

Por DJ

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS