Designer & Arquitetura: Painéis removíveis integram ou isolam ambientes de acordo com a ocasião

Apartamento de 280 m² de jovem casal tem living ampliado com espaço para trabalho, lazer das crianças e convívio social.

Um bom trabalho de arquitetura e design de interiores requer a harmonia entre estética e funcionalidade. O projeto elaborado pelo escritório de arquitetura Alex Bonilha reflete esse encontro e traduz o lifestyle de um jovem casal que acaba de celebrar a chegada do terceiro filho. O apartamento de 280 m² traz ambientes que podem ser integrados ou isolados por grandes portas de correr, como “painéis removíveis”, servindo a ocasiões sociais, familiares ou privativas.

O objetivo principal do casal de empresários Evelyn Doueihi e Ricardo Guedes era obter espaços amplos e versáteis para o novo apartamento, já que recebem muitas visitas de familiares e amigos ao longo da semana.

Espaço gourmet isolado Crédito Divulgação Studio Alex BonilhaOs “painéis removíveis” foram aplicados principalmente no living, logo à esquerda da entrada. Com a sala de estar em frente, ao fundo estão o escritório e a brinquedoteca. Ambos os ambientes podem ser conectados à área social ou restringidos pelas portas de correr. “Era um apartamento grande, mas compartimentado. Pensamos nessa solução para que, em primeiro lugar, as crianças pudessem se divertir na brinquedoteca e manter o contato com os pais no living e, quando as visitas estivessem chegando, fosse possível ‘esconder’ a bagunça”, explica a designer de interiores da empresa, Mahely Oliveira.

O mesmo vale para o escritório: “É possível checar algo na internet ao mesmo tempo em que se assiste à televisão e, em um momento de maior concentração, correr a porta para criar um ambiente de introspecção”, comenta a especialista. A área da varanda, também integrada ao living, é dividida em sala de jantar e espaço gourmet. Ambos podem ser Sala de jantar integrada ao espaço gourmet Crédito Divulgação Studio Alex Bonilhaunificados ou segmentados por portas de vidro, isolando a fumaça, por exemplo. “Ficamos bem satisfeitos em atingir o objetivo principal, que era a integração total das áreas de convívio do apartamento”, comemora a proprietária Evelyn Doueihi.

Quanto ao design, as linhas retas e os tons sóbrios, como o cinza do cimento queimado e o preto, trazem modernidade e, juntamente às cores amadeiradas, formam a base para os elementos coloridos que pontuam o décor. Para contemplar vivacidade e tradição, foram incorporadas peças trazidas de viagens e da antiga residência da família. Esses objetos receberam cor e foram dispostos em pontos-chave, com destaque para a cristaleira Luís XV alocada na cozinha, que recebeu pintura laca azul petróleo.

 

Por Amanda Barufi

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA