Daemo inicia campanha de conscientização com o tema “Cada Gota Conta”

Para conscientizar a população sobre o uso consciente da água, a Daemo Ambiental está lançando a campanha “Cada Gota Conta”. O objetivo é reduzir o consumo excessivo de água neste período de estiagem e mostrar ações simples que podem economizar água.

De acordo com divisão Operacional da Daemo Ambiental, neste ano de 2019 choveu bem menos que no ano passado. E as chuvas dos últimos dias ainda não amenizaram a situação da vazão dos poços. Em 2018, entre os meses de janeiro e setembro, a autarquia registrou 536,1 milímetros de chuva. Já neste ano de 2019, foram registrados apenas 390,4 milímetros de chuva, ou seja, 27% a menos de chuva. O mês de agosto foi o mais crítico deste ano, com apenas 4,8 milímetros de chuva.

Por isso, a Daemo Ambiental inicia a campanha de conscientização sobre o uso da água. Para isso serão feitas diversas ações. As atividades contemplam spots nas rádios da cidade, postagens na página oficial da autarquia, além de orientação nas escolas. Algumas ações simples que podem contribuir para a diminuição do consumo excessivo são: tomar banhos mais curtos, fechar o chuveiro sempre que possível, manter a torneira fechada, cuidar dos vazamentos, usar a descarga com consciência, lavar a roupa com menos frequência e mais atenção, não utilizar a mangueira, não lavar o carro com a mangueira, usar a vassoura para limpar a calçada e reaproveitar a água da máquina de lavar.

O município atualmente é abastecido por 69 pequenos poços do Aquífero Bauru, com produção média de 451 mil metros cúbicos/mês, além da ETA – Estação de Tratamento de Água Olhos D’Água e do poço profundo perfurado na ETA sede, que está funcionando parcialmente, com água vindo diretamente do Aquífero Guarani, uma grande fonte subterrânea de água potável.

Apesar de quase todos os bairros terem poços para captação de água, por conta do longo período sem chuva, alguns poços apresentam instabilidade no bombeamento de água. E para garantir o fornecimento de água a toda população, a Daemo Ambiental está abastecendo preventivamente todos os reservatórios com água potável.

Ainda pensando nas melhorias do abastecimento, outro poço profundo já foi perfurado próximo ao Rio Cachoeirinha. O poço tem profundidade de 1.100 metros, produz 330 metros cúbicos de água por hora, cujo abastecimento de água também vem do Aquífero Guarani. Agora, estão em obras a conclusão da ETA, rede adutora e de distribuição, Estação Elevatória e novos reservatórios.

Da REDAÇÃO

SEM COMENTÁRIOS