Dados apontam queda na curva de casos de Covid em Rio Preto

A Secretaria de Saúde de Rio Preto divulgou nesta quarta-feira (12) um balanço dos casos de síndromes gripais, notificações e casos confirmados por Covid-19. Os números apontam o início de uma possível queda na curva da doença na última semana.

Os atendimentos por síndrome gripal realizados nas unidades respiratórias do município apontaram o pico entre as semanas 29 e 31 (13 de julho até 2 de agosto), quando na semana 30, as unidades registraram o maior número de atendimentos até o momento: 4.154.

Dhoje Interior

Já na semana seguinte foram atendidos 4.073 pacientes e na semana 32, registraram-se 2.938 atendimentos, um redução de  1.135 pacientes.

“Foi uma queda significativa. Por isso, na semana passada nós dissemos que havia o indicativo de que estava havendo uma diminuição do número de casos. Devemos lembrar que é o atendimento realizado na Atenção Básica que vai determinar o número de pacientes graves, internações e mortes”, afirmou o secretário de saúde Aldenis Borim.

As notificações para casos suspeitos de coronavírus também apontam uma diminuição na semana passada. Da semana 31, que registrou 7.105 notificações, para a 32, que com 5.211 notificações, houve uma queda de 1.894 casos.

De acordo como secretário, o número de notificações da Semana 32 ainda pode aumentar, mas também indica que está ocorrendo uma diminuição do número de casos.

Em relação aos casos efetivamente confirmados, Rio Preto apresentou uma queda de 2.022 casos na semana retrasada para 1.286 para a semana passada. “A Semana 32 ainda deve contabilizar mais casos porque alguns exames estão retidos. Todos esses dados levam a uma projeção de diminuição de casos em São José do Rio Preto”, afirmou o secretário.

Nesta semana (33), foram registrados 896 casos de Covid-19 entre sábado (9) e esta quarta-feira (12). O número de internações cresceu também nos últimos dias, saltando 343 pacientes com síndrome respiratória aguda grave (SRAG) no dia 5 de agosto para 393 neste dia 12.

Por Vinicius LIMA – redação Jornal DHoje Interior