Crianças pedem até cesta básica para a mamãe noel de Rio Preto

Foto Claudio Lahos

Mamãe noel de Rio Preto conta com padrinhos para conseguir atender os pedidos de crianças carentes que são depositados na caixinha dos correios da casa dela

Pelo menos 400 cartinhas com pedidos dos mais variados já chegaram até a casa da mamãe noel Raquel Barbosa dos Santos, que há 13 natais não mede esforços para fazer com que cada desejo seja atendido. Os pedidos vão de brinquedos e doces até material escolar e comida.

Com uma rotina pesada desdobrada em duas jornadas de trabalho, a empregada doméstica ainda encontra tempo para ler, separar as cartinhas e procurar padrinhos para ajudar com os presentes. Só no natal de 2017, Raquel ajudou a fazer mais feliz o natal de 427 crianças carentes de Rio Preto.

“As cartinhas chegam de tudo quanto é bairro. As crianças colocam na minha caixinha do correio. Pedem desde cestas básicas, mochilas, materiais escolares. E eu faço o trabalho de procurar os padrinhos para atender. São sempre muitas cartinhas”, comentou.
Tem também os pedidos mais convencionais como bonecas, carrinhos e bicicletas. Mas a mamãe noel confessa que os pedidos de insumos básicos para o dia a dia são os que mais mexem com a emoção dela.

“As cartinhas com pedidos de comida, material de escola e fraldas para crianças especiais são as que me deixam com o coração ainda mais apertado. Faço o que posso para encontrar padrinhos para o máximo de cartinhas possível. Sempre que tenho um tempinho estou tentando um padrinho”, disse Raquel.

A mamãe noel diz que o que a move e a leva a continuar captando padrinhos para suprir os pedidos das cartinhas depositadas religiosamente sempre que o natal vem chegando, é a infância difícil que teve. Os pais, de origem simples, tinham que dar conta de sustentar os dez filhos.

“Não sobrava pra brinquedos e doces. E foi por isso que disse para as crianças carentes que moravam perto de casa para escreverem cartinhas que eu levaria para o papai noel, isso em 2005. Foram 32 cartas. E no ano seguinte, em novembro, as cartinhas começaram a chegar na caixinha do correio de novo. E foram mais 70 cartinhas”, lembrou Raquel.
Quando vai chegando perto do Natal, Raquel realiza uma festinha no Parque Estoril e entrega os pedidos, toda vestida de mamãe noel. “Não é fácil. Sempre parece que não vai dar, mas dá. Conto com a ajuda de muita gente e é extremamente gratificante”, disse Raquel.

Quem quiser conhecer as cartinhas deixadas por crianças carente de Rio Preto com a Raquel e, até mesmo, adotar uma delas, pode entrar em contato direto com a mamãe noel pelo telefone 98802-9587.

A festa – Quando vai chegando perto do Natal, Raquel realiza uma festinha no Parque Estoril e entrega os pedidos, toda vestida de mamãe noel. “Não é fácil. Sempre parece que não vai dar, mas dá. Conto com a ajuda de muita gente e é extremamente gratificante”, disse Raquel

 

Por Thais COVRE

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS