Criança de 5 anos morre após ser agredida pela mãe

Uma mulher de 29 anos confessou ter assassinado o próprio filho de 5 anos. O caso aconteceu na noite de domingo (16), em Valentim Gentil, a criança chegou a ser socorrida pelo Hospital da Criança e Maternidade (HCM) de Rio Preto, mas não resistiu aos ferimentos e morreu na tarde da segunda-feira (17).

Segundo o tenente da Polícia Militar, Cristiano Vieira, a mãe relatou a princípio que o filho, D.L.M  de 5 anos, teria sofrido uma queda acidental de bicicleta. “Os policiais apresentaram  a ocorrência na Central de Flagrantes em Votuporanga, como queda acidental, alegada pela mãe. A criança, no primeiro momento, foi levada para a UBS de Valentim Gentil, mas o estado de saúde se agravou e foi transferida para a Santa Casa de Votuporanga e novamente precisou ser transferida, desta vez, para o Hospital da Criança e Maternidade de Rio Preto”.

No Hospital da Criança e Maternidade (HCM) foi prestado o atendimento à criança, porém, as equipes desconfiaram dos graves ferimentos, ao ser ouvida novamente pelas equipes policiais, a mulher confessou ter matado o filho, que não resistiu aos ferimentos e morreu na tarde desta segunda-feira . “A gravidade da lesão que a criança teve não foi condizente com queda acidental, então no transcorrer da situação observamos que ela [criança] realmente teria sido agredida. No primeiro momento a mãe alegou que havia sido o padrasto que havia agredido o menino, porém, após vários questionamentos a mulher confessou que havia agredido o menino”, afirmou o tenente.

A mulher confessou aos policiais que havia ingerido bebida alcoólica antes das agressões. “Ela contou que chegou na casa dela  e estava um pouco exaltada e que havia feito o uso de álcool, em seguida  disse que bateu a cabeça da criança na parede, esmurrou, bateu a cabeça da criança no chão. Nas afirmações, ela disse que a criança estava muito acelerada, muito arteira e que acabou que ela se descontrolou”, finalizou Vieira.

A Polícia Civil irá investigar o caso.

Por: Mariane Dias 

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS