Correria e trânsito marcam concurso de Rio Preto

Os candidatos a uma das 551 vagas em várias funções para o concurso da Prefeitura de São José do Rio Preto (SP), realizado hoje (20), precisaram de uma dose extra de paciência logo no início do dia.

Quem deixou pra sair de casa em cima da hora, precisou contar com a sorte ou com o fôlego para chegar no horário. Ruas com filas gigantescas e motoristas impacientes em busca de uma vaga para estacionar o carro e não perder a hora do fechamento dos portões.

Na União da Faculdade dos Grandes Lagos, tumulto logo na entrada. Faixas pregadas nos muros da instituição falavam sobre a obrigatoriedade de caneta preta para preencher o gabarito da prova. “Eu li o edital e sei que eles indicam tanto a preta quanto a azul, mas agora estou em dúvida”, disse Ricardo Mendes, um dos candidatos.

Fiscais que estavam orientado os concurseiros, retiraram os papeis e acionaram a PM. “Isso não existe. O que acontece é que algumas pessoas são oportunistas e aproveitam para levar algum tipo de vantagem. Várias pessoas montaram barracas em frente a escola e ofereciam as canetas a um preço bem acima do mercado”, disse um dos fiscais de prova.

Cartazes que foram retirados pelos fiscais de prova da Unilago

Logo que os cartazes foram retirados, os vendedores ambulantes foram se dispersando e deixando a frente da universidade.

O concurso de hoje (20) oferece vagas para agente fiscal de posturas, auditor fiscal tributário, agente administrativo e também na área da saúde. É o maior concurso público já realizado pela Prefeitura de Rio Preto.

Ao todo, 115 escolas vão receber os candidatos neste domingo (20). Os portões para as provas de manhã foram abertos às 8h e as provas começam às 8h30. Para a prova de tarde, os portões vão abrir às 14h e as provas começam às 14h30.

Por JB

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS