Consultoria contratada pelo Daesp analisa aeroporto para privatização

Os executivos e técnicos da IOS Partners, consultoria internacional contratada pelo Daesp para fazer os estudos que vão definir a modelagem de desestatização dos seus aeroportos, já estão em Rio Preto para dar continuidade nos estudos de privatização.

As equipes estão realizando inspeções de estrutura física, sistemas e espaço aéreo no aeródromo local. Ainda de acordo com a assessoria de imprensa da Secretaria Estadual de Logística e Transportes, está sendo analisada também a vocação regional da cidade, com informações sobre o perfil da população e o potencial econômico e turístico da região.

Os próximos aeroportos com visita in loco serão Ribeirão Preto, Franca e São Carlos. Em seguida, devem ocorrer ainda visitas a outros aeroportos.

No total, o plano de trabalho apresentado pela IOS tem cinco fases com tarefas que vão desde a realização da análise de mercado, de processos legais, projeções de demanda, estudos de viabilidade técnica, econômica e ambiental, além da interface com investidores, apoio no processo licitatório e promoção dos aeroportos. A previsão é que os estudos estejam concluídos em três ou quatro meses.

O programa de privatização dos aeroportos é uma iniciativa do governo João Doria (PSDB) que pretende conceder 20 aeroportos à iniciativa privada. A expectativa é que os primeiros lotes de aeroportos a serem privatizados aconteça nos primeiros meses de 2020, após a divulgação dos estudos que irão indicar o melhor modelo a ser adotado pelo Estado: concessão ou privatização.

Por Jaqueline BARROS

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS