Construções sustentáveis ganham cada vez mais espaço no mercado

De acordo com o Ministério do Meio Ambiente, construção sustentável é um conceito que denomina um conjunto de medidas adotadas durante todas as etapas de uma obra que visam a sustentabilidade da edificação. Os chamados “prédios verdes”, apesar de custarem mais do que os convencionais, podem reduzir entre 30% e 40% o consumo de energia, 50% o consumo de água, 35% a emissão de COe em até 90% o descarte de resíduos, segundo a revista Exame.

“A escolha de um material que seja menos nocivo ao meio ambiente já representa uma contribuição significativa”, explica Renato Las Casas, diretor comercial da empresa Ecogranito – que é responsável por produzir revestimentos semelhantes às rochas ornamentais e reutiliza resíduos gerados na exploração de jazidas.

Por representar boa parte de uma obra, a adoção de um revestimento que gere menor impacto ao meio ambiente já é um grande avanço. Pioneira ao trazer para o Brasil uma técnica japonesa de revestimento inteligente, que substitui brilhantemente o granito, além de ajudar na sustentabilidade, o material Ecogranito exerce uma barreira contra infiltrações, podendo significar uma redução de custo a longo prazo.

Apesar de possuir um custo imediato mais alto, as construções sustentáveis têm ganhado cada vez mais espaço no mercado. Recentemente inaugurado em Goiânia, um dos edifícios mais altos do Brasil, Órion Complex, mostra que modernidade, tecnologia e preocupação com o meio ambiente podem andar lado a lado.

Responsável pelo revestimento do empreendimento Órion, o material Ecogranito possibilitou um aumento expressivo na conservação ambiental. “Fomos responsáveis pelo revestimento de aproximadamente 22.000 m² do empreendimento Órion. A escolha por tal material representou uma significativa preservação de rochas, que não serão cortadas, além da diminuição dos impactos ambientais por conta da reutilização de resíduos gerados em jazidas”, aponta Las Casas. A empresa é também responsável pelo revestimento de 38 drogarias Araújo que inauguraram recentemente. 

 

ECOGRANITO

A ECOGRANITO foi fundada em 2009 pelos investidores Las Casas & Cia e Hsieh Empire Participações. Juntos, trouxeram ao Brasil, a tecnologia japonesa, criada pelo Sr. Hiromichi Kano, para o desenvolvimento de revestimentos inteligentes.

Desde então, a ECOGRANITO desenvolve e produz texturas modernas, diferenciadoras e com aparência final surpreendentemente semelhante às rochas ornamentais. O revestimento ECOGRANITO oferece o que há de melhor quando o assunto é design, requinte, praticidade, baixo custo-benefício e sobretudo conservação ambiental.

A empresa está totalmente comprometida com o meio ambiente, por meio de aproveitamento de resíduos de granito e mármore, gerados na exploração de jazidas. Além de não cortar rochas, o aproveitamento desses resíduos diminui os impactos ambientais e gera sustentabilidade.

 

Da REDAÇÃO

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS