Conheça os tratamentos faciais que lotam as clínicas de estética durante o inverno

Com a queda da temperatura, o microagulhamento e o peeling fazem toda diferença na saúde da pele .Foto Divulgação

A baixa radiação e menor exposição ao sol são fatores típicos desta temporada do ano que afetam diretamente a saúde da pele. Portanto quando o termômetro lá fora cai, para ajudar a manter a pele saudável, tratamentos estéticos faciais se tornam grandes aliados.

Com resultados rápidos e duradouros, alguns procedimentos costumam se destacar mais que outros. É o caso do microagulhamento com ácido hialurônico ou ativos rejuvenescedores.

O microagulhamento é realizado por um profissional da área de estética, saúde ou beleza com o auxílio do roller – equipamento com 540 agulhas muito finas que causam microperfurações na pele contendo os ativos responsáveis por estimular a produção natural de colágeno, tratar cicatrizes provocadas pela acne e amenizar linhas de expressão. Por se tratar de um procedimento mais agressivo, realizá-lo durante o inverno é sempre mais seguro, já que a baixa exposição solar ajuda na recuperação da pele pós-procedimento e evita a hipercromia pós-inflamatória.

De acordo com as necessidades particulares de cada indivíduo, é possível obter resultados ainda mais satisfatórios completando o tratamento com o Serum Pro-Induct – uma tecnologia exclusiva desenvolvida pela BIOAGE.

Entre os produtos Pro-Induct disponíveis no mercado, estão: o Serum Ultraconcentrado Ácido Hialurônico que proporciona a renovação celular, reestruturação da derme e rápida recuperação da pele fragilizada a partir de potente ação regeneradora. O Serum Rejuvenescedor, que é a escolha ideal para quem deseja reverter o envelhecimento cutâneo. O Serum Concentrado Antiestrias, que reduz a profundidade das estrias e melhora o relevo da pele. E o Serum Ultraconcentrado Clareador, que proporciona o clareamento de hipercromias.

Mas não só o microagulhamento conquista seu espaço nas clínicas de estética durante a estação mais fria do ano. A combinação de peelings democosméticos também é uma das opções que mais lotam as agendas das esteticistas nesta época.

A grande vantagem deste método é a remoção controlada da epiderme que obriga a pele a se renovar e reestruturar, reduzir manchas, amenizar cicatrizes e sinais do envelhecimento.

A esteticista, farmacêutica e gerente técnica da BIOAGE Clélia Reis, explica: “Nos períodos de baixa temperatura, estamos menos expostos aos raios UVA e UVB e isso significa que temos menos estímulos melanocitários e menor produção de melanina por influência solar. Os tratamentos clareadores nesse período acabam refletindo resultados muito melhores pois a chance de despigmentação é muito maior e o clareamento é inevitável uma vez que o agressor externo (sol) não está agredindo a pele na mesma intensidade que ocorre nos períodos mais quentes.”

Em especial para aqueles que sofrem com o melasma, o peeling realizado com o tratamento dermocosmético Perfect Peel oferece todas as ferramentas necessárias para agir diretamente no alvo. Com segurança e eficiência, os ativos do tratamento profissional atuam isoladamente nas áreas afetadas pelos melanócitos, incidindo apenas sobre as áreas onde ocorre o excesso de melanina. “Perfect Peel foi desenvolvido para ser utilizado o ano todo, inclusive no verão. Pode ser aplicado em todos os fototipos, e até mesmo na pele negra. Mas nesse período de inverno, com a queda de exposição aos raios solares, a pele responde de forma muito mais assertiva e os resultados são mais encantadores”, completa Clélia Reis.

Fonte: MAXPRESS

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS