Conheça 3 receitas leves e refrescantes para se deliciar nesta primavera

Grão-de-bico salteado com alho-poró, salada na cestinha e suflê de espinafre são ótimas opções para dar boas-vindas à nova estação

A chegada da primavera e o retorno dos dias predominantemente quentes aumentam a procura por pratos refrescantes. E para celebrar a chegada da estação mais florida do ano e ainda garantir mais leveza nas refeições, a nutricionista do Comitê Umami, Graciela Vargas, indica três receitas bem refrescantes: Grão-de-bico salteado com alho-poró, Salada na cestinha e Suflê de espinafre.

A nutricionista explica que escolher opções leves não quer dizer apenas comer salada, mas sim reunir alimentos que garantem uma refeição completa e saborosa. “O sucesso do preparo do prato fica por conta dos ingredientes umami, como, por exemplo, o queijo parmesão, o tomate-cereja e a cenoura”, explica Graciela, referindo-se ao quinto gosto do paladar humano, descoberto em 1908 pelo cientista japonês Kikunae Ikeda.
Confira o modo de preparo dessas delícias e se surpreenda:

GRÃO-DE-BICO SALTEADO COM ALHO-PORÓ E ALECRIM

Ingredientes

2 cenouras pequenas (240 g)
1 alho-poró (só a parte branca) (92 g)
1 colher (chá) de azeite de oliva;
1 folha de louro
1 ramo de alecrim
2 colheres (sopa) de shoyu (30 ml)
2 xícaras de grão-de-bico cozido (390 g)
Funcho e tomilho a gosto
Folhinhas de alecrim para servir

MODO DE PREPARO

1. Corte a cenoura e o alho-poró em rodelas finas.
2. Em uma frigideira, aqueça o azeite e adicione a cenoura, a folha de louro e o alecrim, salteando, em fogo médio, durante 1 a 2 minutos.
3. Junte o alho-poró e o shoyu e salteie por mais 2 minutos, mexendo regularmente.
4. Junte o grão-de-bico e tempere com funcho e tomilho. Misture bem e desligue o fogo.
5. Retire a folha de louro e sirva quente, decorado com folhinhas de alecrim.
Rendimento: 4 porções.
Tempo de preparo: 25 minutos.

SALADA NA CESTINHA

Ingredientes

3 xícaras (chá) de queijo parmesão ralado grosso (300 g)
6 folhas de alface americana rasgadas (75 g)
6 tomates-cereja, cortados em 4 partes iguais (50 g)
1 beterraba pequena ralada (93 g)
Molho
meia xícara (chá) de maionese light (100 g)
2 colheres (sopa) de leite (30 ml)
1 dente de alho médio espremido (3 g)
meia colher (chá) de sal (2,5 g)

MODO DE PREPARO

1) No fundo de uma frigideira pequena, espalhe meia xícara (chá) do parmesão ralado grosso e leve ao fogo médio por 2 minutos, ou até começar a dourar.
2) Retire cuidadosamente, com o auxílio de uma espátula, e vire sobre o fundo de uma tigela pequena ou de um copo.
3) Deixe esfriar até enrijecer e obter o formato de uma “cestinha”.
4) Repita o processo com o restante do queijo.
5) Bata no processador de alimentos, a maionese, o leite, o alho e o sal, até ficar homogêneo.
6) Distribua a alface, o tomate e a beterraba pelas cestinhas, regue com o molho e sirva.
Dica da nutricionista: se preferir, ao invés de bater o molho no processador de alimentos, utilize o liquidificador.
Rendimento: 6 porções.
Tempo de preparo: 40 minutos.

SUFLÊ DE ESPINAFRE

Ingredientes

4 cubinhos de espinafre congelado (150 g)
1 gema
meia colher (chá) de sal (2,5 g)
meia colher (chá) de AJI-NO-MOTO®
1 pitada de pimenta-do-reino branca
1 lata de creme de leite
1 xícara (chá) de farinha de trigo
2 claras em neve

MODO DE PREPARO

Em uma tigela, coloque o espinafre e leve ao micro-ondas por 30 segundos, ou até descongelar. Mexa e espere esfriar.
Acrescente a gema, o sal, o AJI-NO-MOTO®, a pimenta-do-reino branca, o creme de leite e a farinha de trigo, e misture bem.

Com o auxílio de uma colher, junte as claras em neve e misture delicadamente com movimentos circulares de baixo para cima.

Distribua a massa em 3 formas individuais para suflê, untadas e enfarinhadas, e leve ao forno médio (180 graus), preaquecido, por 40 minutos, ou até que a superfície esteja dourada.

Retire do forno e sirva imediatamente.
Rendimento: 3 porções.
Tempo de preparo: 20 minutos (+ 40 de forno).

UMAMI

É o quinto gosto básico do paladar humano, descoberto em 1908 pelo cientista japonês Kikunae Ikeda. Foi reconhecido cientificamente no ano 2000, quando pesquisadores da Universidade de Miami constataram a existência de receptores específicos para este gosto nas papilas gustativas. O aminoácido ácido glutâmico e os nucleotídeos inosinato e guanilato são as principais substâncias umami. As duas principais características do umami são o aumento da salivação e a continuidade do gosto por alguns minutos após a ingestão do alimento. Para saber mais, acesse www.portalumami.com.br e acompanhe também pelas redes sociais facebook.com/ogostoumami e instagram.com/ogostoumami.

Da REDAÇÃO

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS