Confusão em posto vai parar na polícia

Foto ARQUIVO/DHOJE

Uma confusão ocorrida no Auto Posto Monte Carlo, na tarde desta quinta-feira, foi parar na Central de Flagrantes, onde o delegado Éder Galavoti Rodrigues registrou boletim de ocorrência de estelionato, corrupção ativa, abuso de autoridade e embriaguez ao volante.

Segundo o BO, o auxiliar de contabilidade V.B.B., 37, morador na Redentora, em Rio Preto, foi abordado por policiais militares dentro de um Corolla preto na vicinal para Engenheiro Schmitt, na Chácara Jockey Club, acompanhado pelo desempregado V.A.R., 44. Ambos aparentavam estar embriagados.

Eles teriam saído do posto sem pagar por R$ 20 de abastecimento e R$ 37,25 por sete cervejas. A PM foi acionada e encontrou a dupla na estrada, sendo que R. tinha lesões condizentes com agressão física.

No Plantão, B. disse que foram os pms quem bateram em R. Já a guarnição informou que o auxiliar de contabilidade ofereceu dinheiro para que o carro, que estava com documentação vencida, não fosse guinchado. Os policiais afirmaram também que o passageiro do automóvel já estava machucado quando fizeram a abordagem.

 

Por Daniele JAMMAL

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS