Confira ‘Nos Bastidores da Política’ deste sábado (19)

Ataques

Edinho Araújo (MDB) terá nove adversários políticos na campanha eleitoral, portanto, pode-se dizer que será um contra nove. Jair Moretti (foto), membro da executiva do MDB, disse não acreditar que todos irão fazer ataques sistemáticos para desestabilizar a candidatura emedebista. “Alguns mais afoitos podem até fazer”, prevê. Moretti, no entanto, aposta numa campanha civilizada, com os candidatos oponentes seguindo orientação jurídica e política dos assessores gabaritados. Agora, se os ataques passarem dos limites, por exemplo, acusações falsas, diz que a coordenação da campanha emedebista estará preparada para responder na mesma simetria. “Nós vamos fazer uma campanha ética”, antecipa. Lembrou ainda que a Justiça Eleitoral existe para corrigir os excessos, não só no programa eleitoral gratuito na televisão, mas também na rede social.

Dhoje Interior

Inserções

O candidato a prefeito Carlos de Arnaldo (PDT) diz que já está gravando vídeos com propostas do seu plano de governo para serem apresentadas no horário gratuito no rádio e na televisão. O pedetista disse que as inserções são mais interessantes porque aparecem nos intervalos da programação das emissoras. Agora, segundo ele, inverteram-se os tempos, porque são 10 segundos de horário fixo e 70 minutos de inserções. “Bem melhor, por isso teremos mais visibilidade”, concordou. O candidato também explora a rede social.

No auge

O PSDB nunca conseguiu emplacar um prefeito em Rio Preto. No auge do partido, Ivani Vaz de Lima até que ameaçou nas eleições de 2000, porém, foi suplantada por Edinho Araújo e pelo saudoso prefeito Manoel Antunes, no primeiro turno. Antes tinham estrelas como presidente Fernando Henrique Cardos, Mário Covas e Franco Montoro. Hoje, o governador João Dória é o principal tucano. Os saudosos Covas e Montoro devem estar remoendo em seus túmulos, porque não devem estar nada contentes com a presença do novo morubixaba.

Contesta

A assessoria do candidato Marco Casale contestou nota divulgada na coluna ontem que classificou o PSL como extrema-direita. Quando foi fundado em 1994, era alinhado ao social-liberalismo. Hoje, é liberal só no setor econômico e defende o conservadorismo. Casale divulgou nota recentemente classificando o partido como o único de direita no país, porém, alguns cientistas políticos acrescentam o extrema. Isso não muda nada, tanto é que fechou aliança com o PSB do saudoso Miguel Arraes. O cearense deve estar feliz…

Agregam

Candidatos a prefeito que mais agregaram partidos durante as convenções partidárias. Como está no exercício do mandato de prefeito e pelo seu histórico político, Edinho Araújo (MDB) agregou 12 partidos. Em seguida ficou o candidato Marco Casale, que agregou PSL/PSB/PTC/PSC. A Coronel Helena com Republicanos/PTB/Solidariedade, Carlos de Arnaldo PDT/PV/Rede, e Rogério Vinicius DC/PMN. Sem nenhuma aliança: Marco Rillo (PSOL), Celi Regina (PT), Carlos Alexandre (PCdoB), Paulo Bassan (PRTB) e Filipe Marchesoni (Novo).

Umbigo  

O avião que transportava o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e sua equipe arremeteu ontem antes de pousar em Mato Grosso. O motivo foi a fumaça que tomava conta da área do aeroporto por causa das queimadas. Bolsonaro disse que foi por causa da pouca visibilidade e não falou que a fumaça atrapalhou o pouso. Bolsonaro acha que vai tapar o sol com a peneira. O mundo está de olho e não com visão míope, mas com imagens de satélites de primeira geração. Bolsonaro deve ter tapa nos olhos e prefere focar o umbigo!

Pipocam

Já tramitam na Assembleia de São Paulo sete pedidos de impeachment contra o governador João Dória (PSDB). Até a deputada federal Carla Zambelli (PSL) assinou pedido de cassação do governador. Os pedidos pipocam contra governadores pelo Brasil. Wilson Wtzel, do Rio, já está na bica e pelo andar da carruagem não reverte o quadro. O mandato de Carlos Moisés, de Santa Catarina, também está ameaçado. No caso do Dória, denúncia diz que ele comprou respiradores chineses por R$ 620 mil cada. Esta pandemia também mata…

Confiante

O candidato a prefeito Marco Rillo (PSOL) informou que já está gravando vídeos para serem apresentados nas inserções na televisão e também para a rede social, como Facebook, Instagram e WhatsApp. O primeiro vídeo, segundo ele, vai mostrar a história da família e da sua carreira política, por exemplo, que exerce na atual legislatura seu quinto mandato como vereador. Os vídeos seguintes, de acordo com ele, irão priorizar o seu plano de governo, tendo como base o tripé embasado na área social, como educação, saúde e assistência social. O programa de governo, ainda de acordo com ele, também irá priorizar o setor de esportes, da cultura, além de medidas com o objetivo de gerar empregos. “Eu estou confiante, porque temos recebido muito apoio”, finaliza.

Por Venâncio de MELLO – Redação jornal DHoje Interior