Confira “Nos Bastidores da Política” desta terça-feira (24)

Filiação

A coronel Helena Reis se filiou ontem no partido Republicanos. A sua meta é disputar as eleições para prefeita em outubro. Coronel reformada da PM, mesmo sendo novata na política, Helena quer aproveitar sua popularidade e o bom histórico da sua carreira na Polícia Militar, para tentar o cargo de prefeita de Rio Preto. Assediada por vários partidos, Helena declarou que optou pelo Republicanos, por se identificar com o partido e garantia de legenda para concorrer ao cargo de prefeita no processo eleitoral.

Dhoje Interior

Bastidor

Informação que corre nos bastidores diz que a coronel Helena (Republicanos) poderá ter o apoio de Valdomiro Lopes (PSB) na campanha eleitoral. O ex-prefeito, apesar de não ter declarado oficialmente que não irá disputar as eleições, sinaliza por meio de conversas com amigos, que está fora do páreo. Se confirmar o apoio, Helena terá reforço de peso na sua campanha. Afinal, nas pesquisas de intenção de voto, o ex-prefeito aparece em segundo, atrás do prefeito Edinho Araújo (MDB).

Suspende

O presidente Paulo Pauléra (PP), reunido ontem com a Mesa Diretora, decidiu suspender sessões ordinárias até 15 de abril, por causa do coronavírus. Segundo a decisão, o plenário só se reunirá, em sessão extraordinária, para votar propostas urgentes do Executivo. Solenidades, audiências públicas e eventos oficiais também estão proibidos. Visitação pública, que é de praxe na Casa, também foram suspensas. Protocolo de projetos de vereadores também estão suspensos, exceto do Executivo.

 

Suspenso

O presidente do MDB, Pedro Nimer, disse que tem até o dia 4 de abril para definir a chapa de pré-candidatos a vereador. A preocupação, segundo ele, é com a pandemia provocada pelo coronavírus, por isso está suspensa reunião para definir a lista. “O momento é respeitar o período da pandemia, por isso não tem reunião”, diz. Por causa da pandemia, Nimer prevê que a Justiça Eleitoral pode até alterar o calendário eleitoral. “Até o dia 4 de abril tudo pode mudar”, acrescentou.

Corona influencia

Por causa do coronavírus, o presidente do PSC, Pedro Neto, informou que suspendeu a reunião para definir a lista de pré-candidatos a vereador. Segundo ele, as conversas estão sendo feitas, individualmente, com cada pretendente a uma vaga na chapa. “Temos que evitar aglomerações”, diz. A lista, porém, diz que já está praticamente fechada. Só faltam duas mulheres e dois homens: “tenho reservas, mas vamos escolher candidatos com potencial para fortalecer a chapa. ”

Peneirada

O presidente do Patriota, Ulisses Ramalho, informou que só vai apresentar a chapa completa de pré-candidatos a vereador dia 4 de abril. “Eu vou cumprir o prazo da lei”, diz, se referindo ao calendário eleitoral. Ulisses adiantou que a chapa, com 26 candidatos, está quase completa. Em relação ao número de mulheres, esclareceu que tem dez pretendentes para oito vagas, como determina a lei.  Para tanto, será realizada uma peneirada para saber aquelas que têm mais potencial nas urnas.

Vergonha

Um grupo de brasileiros que chegou no aeroporto do Galeão, ontem, no Galeão, Rio de Janeiro, ficou indignado com a postura dos funcionários que trabalham no aeroporto. Mesmo vindo da Itália, onde o coronavírus já matou milhares, o grupo não recebeu nenhum tipo de orientação, por exemplo, manter distância, medir a temperatura e manter quarentena. O que se via era conversa ao pé de orelha. Aqui, nem pandemia é levado a sério. Bolsonaro ainda não tem consciência que é o presidente…

Calçadão

A empresa que está executando a reforma do Calçadão deveria aproveitar este período em que o comércio não está funcionando, como meio de reduzir a propagação do covid-19, com o intuito de agilizar a execução das obras. Embora a empresa tem prazo para concluir as obras, sem a presença de consumidor circulando pela área, portanto, facilitaria o uso de máquinas para remover e substituir o piso existente. Sem dúvida, beneficiaria os comerciantes ao término da quarentena.

Por Venâncio de MELLO