Confira “Nos Bastidores da Política” desta quarta-feira (1)

Retaguarda

O presidente do MDB de Rio Preto, Pedro Nimer, informou que a chapa de pré-candidatos a vereador já está fechada. Informou, no entanto, que só não divulgou os nomes ainda para não despertar interesses de dirigentes partidários de outras siglas, que poderiam tentar tirar nomes da lista emedebista. Atuando na retaguarda, Nimer diz que, apesar de acreditar que a lista não será alterada, os nomes só serão divulgados no próximo sábado. “Tenho absoluta certeza que ninguém vai sair”, frisa.

Dhoje Interior

‘Espermatozoide’

Quando declarou que 20 partidos deverão lançar chapa completa de pré-candidatos a vereador nas próximas eleições, muitos duvidaram da previsão do presidente da Câmara, Paulo Pauléra (PP). Ao fazer um levantamento dos partidos constituídos em Rio Preto, o número deverá ser atingido. Como não terá coligação na eleição proporcional, significa que cada partido lançará 26 candidatos, o que dá um número total de 520 concorrentes a uma cadeira no Legislativo. Será uma briga de ‘espermatozoide’.

‘Traições’

A janela aberta pela Justiça Eleitoral para que vereadores e prefeitos façam transferências de partidos – sem correr o risco de perder o mandato – termina na próxima sexta-feira. Até o prazo autorizado, como determina a lei, a revoada continua. Cada pré-candidato analisa até o último momento para saber qual partido que tem mais facilidade para ser bem-sucedido na disputa pela reeleição. Como disse o segundo vice-presidente do MDB local, Jair Moretti, “abril é o mês das traições.”

Incógnita

O destino político de Gérson Furquim, para encontrar um partido para disputar a reeleição, continua uma incógnita. Ao ser contatado ontem pelo WhatsApp, o vereador se limitou a dizer que se encontra em Minas Gerais, entretanto, diz que chega a Rio Preto amanhã. Ao ser indagado se já tem um partido definido para se filiar, se limitou a dizer que “não”. Apesar de ainda estar filiado ao PP, Furquim não tem legenda para concorrer pelo partido, como já anunciou o presidente Paulo Pauléra.

Esgotando

O prazo também está se esgotando para o vereador Jean Dornelas (sem partido). Como ele tem demonstrado interesse em continuar no grupo liderado pelo prefeito Edinho Araújo (MDB), é provável que ele irá se filiar ao PSD, partido do vice-prefeito Eleuses Paiva. Paiva, por exemplo, deverá continuar como vice na chapa a ser encabeçada por Edinho na disputa pela reeleição. Dornelas, por ser da área de comunicação, já declarou que sua expectativa é atingir mais de sete mil votos na próxima eleição.

 

Fio da navalha  

Edinho Araújo (MDB) tem atuado no fio da navalha. Se autorizar a reabertura do comércio poderia acarretar uma pandemia generalizada pelo coronavírus, o que levaria a área da saúde ao caos. Ao manter as portas comerciais cerradas, sabe também que está desagradando os comerciantes e empresários, que estão com a corda no pescoço. Primeiro lugar diz que visa a saúde do povo, e em segundo a economia, apesar de algumas lideranças mais afoitas não entenderem. Bem, a vida não volta…

Severas  

Apesar da pressão por parte de comerciantes, o prefeito bateu o martelo e nada será alterado antes de 7 de fevereiro, como está previsto no decreto estadual baixado pelo governador João Doria (PSDB). Se nos próximos dias a pandemia recuar, portanto, poderá haver alguma flexibilização. Se o número de infecção continuar crescendo, as medidas poderão ser estendidas até 15 de abril, inclusive, com ações mais severas. Neste caso, ameaçam com dispensas e até de quebradeira vão prosperar…

Exagero

O decreto do governo do estado divulgado recentemente continua a provocar polêmica na rede social. Apesar do contexto nefasto provocado pelo vírus, o decreto de João Doria (PSDB) excede o princípio da razoabilidade: “Considerando que, segundo órgãos da Saúde Pública, durante a situação de pandemia, qualquer cadáver, independentemente da causa da morte ou da confirmação de exames laboratoriais, deve ser considerado um portador potencial de infecção por Covid-19”.  Exagero…

Por Venâncio de MELLO