Confira aqui o resumo da 24ª rodada do Brasileirão

Dudu foi o Craque da Rodada

Rodada polêmica

Botafogo x Santos – Com algumas falhas do time reserva santista, o Fogão acabou com o embalo do Peixe, na vitória por 2 a 0, no Nilton Santos. Levir e Jair pouparam alguns jogadores para o jogo da Libertadores dessa quarta-feira (20). Como sempre, VanDeuslei fez ótimas defesas e salvou o time visitante até os 40 minutos da primeira etapa. Rodrigo Lindoso recebeu dentro da área e não deu chances pro goleirão. Com o placar na frente, o time mandante gostou do jogo e marcou mais um poucos minutos depois. Guilherme tocou bonito de cabeça e correu pro abraço. O segundo tempo foi movimentado, mas a rede não balançou. Venceu o Alvinegro carioca.

Ponte Preta x Atlético-GO – O Dragão acordou! Terceira vitória no segundo turno em busca da fuga do Z4. A vítima dessa vez foi a Macaca, 3 a 1 no Moisés Lucarelli. A pressão do time goiano resultou no gol aos 42 do primeiro tempo, Aranha vinha bem, mas não conseguiu salvar dessa vez. Luiz Fernando aproveitou sobra do escanteio e chutou para marcar. O segundo tempo começou bem para a Ponte, logo no primeiro minuto, o zagueiro William Alves levou azar e marcou contra. Precisando da vitória, Walter o “Gordinho Gostoso” aproveitou o cruzamento e deixou o atlético na frente de novo. E para terminar, aos 47, Ronaldo aproveitou que o goleiro Aranha estava na área do Dragão e acertou um lindo chute do meio de campo. Gilson Kleina foi demitido após o fim da partida.

Avaí x Atlético-MG – Em um jogo sem muitos ataques e finalizações precisas, Leão e Galo ficam no 1 a 1, na Ressacada. O placar só saiu do zero aos 45 do primeiro tempo, Wellington Simião aproveitou a furada de Leandro Silva e bateu de chapa, no cantinho de Victor. A salvação do Atlético foi o venezuelano Otero, o meia cabeceou e guardou lá dentro. No fim da partida, Elias foi expulso por parar o contra ataque, resultando no segundo amarelo e a ida para o vestiário.

Grêmio x Chapecoense – Com quase todo o time reserva em campo, o Grêmio perdeu para a Chape por 1 a 0, na Arena do Grêmio. O jogo não teve muitas chegadas do time mandante, mas a Chapecoense colocou pressão no vice líder e abriu o placar aos 37 segundos da segunda etapa com Arthur. O atacante chutou de fora da área e a bola desviou na defesa e matou o goleiro Marcelo Grohe. O Imortal teve pouquíssimas chances e não aproveitou bem.

Flamengo x Sport – Mengão vence mais uma na Ilha do Urubu e se mantem no G6. Logo nos primeiros minutos, Guerrero tirou o zero do placar depois da falha de Magrão, que espalmou a bola no meio da área, o matador aproveitou e rolou. O primeiro tempo ficou truncado no meio, resultando em poucas chances criadas e muitos cartões amarelos. Se no primeiro tempo teve cartão amarelo, no segundo teve o vermelho. Patrick recebeu um amarelo, reclamou e levou um vermelho como brinde. No ultimo minuto, Éverton Ribeiro aproveitou a sobra e marcou. 2 a 0 para o Flamengo.

Atlético-PR x Fluminense – Flu marca no primeiro tempo, mas vê Furacão virar com três gols no segundo tempo, na Arena da Baixada. Jogo difícil, muito pegado e cheio de chances. Scarpa cobrou escanteio e Henrique Dourado ceifou mais uma vez, cabeceou e marcou aos 47 minutos. Na segunda etapa, o Furacão passou por cima. Felipe Gedoz fez de falta, Ribamar virou e Jonathan fechou o caixão aos 45 e garantiu a vitória.

Vitória x São Paulo – No duelo dos desesperados, o São Paulo voltou a vencer e segue em busca da saída do Z4. O placar só saiu do zero no segundo tempo. Éder Militão marcou de cabeça após escanteio. Cueva cobrou o escanteio e o zagueiro Fillipe Soutto desviou para o gol, o juiz marcou gol do Peruano. O final do jogo foi eletrizante, Tréllez diminuiu a vantagem e o Leão foi pra cima. Sidão foi herói e salvo o Tricolor. 2 a 1 no Barradão.

Corinthians x Vasco – A polêmica da rodada. Jô marcou com o braço e garantiu a vitória do Corinthians, por 1 a 0, em Itaquera. Em jogo cheio de chances e claro, polemica, foi mais que um gol irregular… O que deixou os fãs do esporte incomodados foi a desonestidade do atacante. O camisa sete disse que não sabe onde a bola bateu. Voltando ao futebol, Cássio e Martín Silva trabalharam bem, Jô usou os goleiros de exemplo para marcar, brincadeiras a parte.

Cruzeiro x Bahia – Thiago Neves perde pênalti, mas Léo marca de cabeça para garantir a vitória de 1 a 0, no Mineirão. Quem colocou pressão no primeiro tempo foi o time visitante, o Leão da Barra atacou forte, mas não marcou. Logo nos primeiros minutos da segunda etapa, Raniel foi derrubado por Rodrigão na área, TN cobrou e Jean salvou. Dez minutos depois, TN cobrou escanteio e Léo cabeceou pro gol. Lucas Silva, que tinha acabado de entrar, deu uma tesoura em Zé Rafael e foi expulso.

Palmeiras x Coritiba – Ótimo jogo do Verdão! O Palmeiras venceu por 1 a 0, mas o que não faltou foi pressão do time em cima do gol de Wilson. Dudu fez a diferença, deu assistência para o gol de Jean e fez lindas jogadas. Tchê Tchê roubou a bola no campo de ataque, tocou para Dudu que fez boa jogada individual e cruzou para Jean rolar para as redes. O Coxa até chegou, mas parou em boas defesas de Fernando Prass.

G6: Corinthians, Grêmio, Santos, Palmeiras, Flamengo e Cruzeiro

Z4: São Paulo, Coritiba, Vitória e Atlético-GO

Craque da rodada: Dudu (Palmeiras)

Da REPORTAGEM

Colaborou: João Pinheiro

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS