Conexão Capivara: J.Hawilla volta ao Brasil após quase 4 anos em prisão domiciliar nos EUA

O empresário rio-pretense J.Hawilla está de volta ao Brasil. Dono da companhia de marketing esportivo Traffic e da TVTEM, e considerado testemunha-chave no
chamado escândalo da Fifa, ele era mantido em prisão domiciliar nos Estados Unidos desde abril de 2014, quando confessou que fazia parte de um grupo de empresários que pagava propinas para dirigentes do futebol mundial e aceitou colaborar com as investigações em curso naquele país.

Segundo amigos próximos de J.Hawilla, o empresário está em sua casa em São Paulo desde o último final de semana. No domingo, ele recebeu visitas dos filhos e dos netos. J.Hawilla, que deverá passar o Carnaval em uma praia com a família, é esperado na semana seguinte ao feriado prolongado em Rio Preto, onde também tem residência.

Em dezembro, o empresário contou à Justiça norte-americana tudo o que sabia ao longo de três dias de depoimentos que ocorreram em Nova York. E disse que tinha cometido erros dos quais se arrependia.

Logo em seguida aos depoimentos, a defesa de J.Hawilla solicitou que ele fosse liberado a deixar o país e voltar ao Brasil, o que foi deferido agora. Além da delação, o empresário concordou em pagar R$ 151 milhões de dólares para ganhar o “perdão” da Justiça dos Estados Unidos.

Aos 74 anos, J.Hawilla está com problemas de saúde considerados graves e que dificultam sua respiração natural. Por isso, ele necessita de balões de oxigênio em determinados horários do dia.

 

Por Fabrício Carareto, Maria Elena Covre e Beck

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS