Conexão Capivara: França atropela Skaf e disputa 2º turno com Doria

Foto Divulgação

Numa eleição de grandes surpresas e reviravoltas nas urnas, a corrida pelo governo de São Paulo não podia ser diferente.

Até um dia antes do pleito, era muito pouco provável que, diante das pesquisas de intenção de voto, alguém apostasse uma moedinha sequer num segundo turno entre João Doria (PSDB) e Márcio Franças (PSB), herdeiro da cadeira de Geraldo Alckmin (PSDB).

Durante toda a campanha eleitoral, Doria e Paulo Skaf (MDB), brigaram palmo a palmo pela primeira colocação, empatados e isolados no primeiro lugar.

A chegada de Márcio França ao segundo turno no lugar de Skaf não deixa de reforçar o poderio que o PSDB ainda detém no Estado, mesmo depois de 24 anos à frente do comando do governo de São Paulo. França era vice de Alckmin e a disputa com Doria nada mais é que, praticamente, um racha do mesmo grupo.

Doria já vinha mesmo no primeiro turno rifando Alckmin e se alinhando a Jair Bolsonaro (PSL), que se dependesse de São Paulo, teria saído presidente neste domingo. Resta saber agora que linha Márcio França, que se apresentava como uma opção mais centro-esquerda, pretende assumir no segundo turno.

 

Números da votação ao governo do Estado

João Doria (PSDB) – 31,77%

Márcio França (PSB) – 21,48%

Paulo Skaf (MDB) – 21,13%

Nulos 13,65%

Brancos 6,94%

Por – CONEXÃO CAPIVARA – Jornal Dhoje Interior

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS