Comércio se prepara para volta das atividades nesta segunda

Os shoppings de Rio Preto e o Calçadão estão nos preparativos finais para a retomada das atividades liberadas pelos novos decretos estadual e municipal a partir desta segunda-feira (1º).

Os decretos que classificaram Rio Preto na fase 2 (Laranja) permitem a abertura controlada com alguns regramentos de limites de funcionamento diários de apenas 4 horas e com capacidade de 20% em cada estabelecimento liberado.

Dhoje Interior

Conforme o decreto, todo o comércio em geral, varejista, atacadista e lojas poderão voltar a funcionar dentro do regramento de tempo e capacidade, além é claro da questão de saúde e higiene.

Calçadão – Segundo o presidente do Sincomércio (Sindicato Comércio Varejista de Rio Peto), Ricardo Arroyo, ao todo são 480 lojas no Calçadão e todas poderão reabrir a partir do dia 1º.

“O número exato de quantas irão abrir não tenho, mas as que ainda têm capacidade vão abrir”, salientou o sindicalista.

O comércio do Calçadão nesta fase 2 (Laranja) vai funcionar de segunda a sábado, das 9h às 13h.

Shoppings – De acordo com Walter Carrazoni, diretor de Comércio da Acirp (Associação Comercial e Empresarial de Rio Preto), todos os shoppings voltaram a funcionar em Rio Preto e irão seguir o horário de funcionamento será das 15 horas às 19 horas.

“Eles já começam na segunda-feira, respeitando as normas de saúde e prevenção, com álcool em gel, com distanciamento que todos estão fazendo”, frisou Carrazoni.

O diretor da entidade relembrou que os shoppings estão há mais de 70 dias fechados e acredita que os consumidores irão procurar os espaços de compras para roupas de inverno e para pagar compras feitas nas lojas dos shoppings.

Apenas os cinemas e espaço de entretenimento para crianças permanecerão fechados 100%. As praças de alimentação continuarão funcionando de forma delivery e drive thru.

Shoppings se preparam para receber clientes

Shopping Cidade Norte – tapetes higienizadores serão instalados na entrada do shopping, que será a única via de acesso ao centro de compras, *dispensers de álcool gel serão dispostos em lugares estratégicos como cancela de entrada e próximos aos caixas eletrônicos. *Todas as lojas terão marcadores de distanciamento de 2 metros para não haver aglomeração, *campanha interna sobre boas práticas para prevenção e controle, entre outros. O Shopping Cidade Norte reitera que seguirá todas as medidas exigidas visando sempre a segurança de seus clientes, funcionários e lojistas.

Riopreto Shopping – No Riopreto Shopping foi feita comunicação visual para os clientes e colaboradores seguirem à risca as normas estabelecidas pelos decretos estadual e municipal; foram colocados dispensers de álcool gel em pontos estratégicos do shopping, foi feita campanha com placas de avisos sobre distanciamento mínimo de 2 metros por pessoa, placas nos caixas eletrônicos com orientação “Após o uso do terminal, higienize suas mãos no dispenser de álcool em gel mais próximo”, *foram colocados tapetes higienizadores de calçados nas entradas do shopping. *Os bebedouros estarão desligados por tempo indeterminado. *Todos os banheiros serão higienizados com Combacter 800, um desinfetante à base da amônia de ultima geração indicado para matar bactérias e fungos que causam problemas infecções e alergias.

Shopping Iguatemi – O Shopping Center Iguatemi seguirá as determinações das autoridades competentes e reforça que todos os protocolos de cuidado e proteção foram implementados para receber o público como o uso obrigatório de máscaras, o reforço das rotinas de limpeza e álcool em gel à disposição. A fim de evitar aglomerações, o shopping irá operar nesse momento com capacidade máxima de 20% de público e a prova de produtos e realização de eventos não serão permitidas.

Plaza Avenida – O Plaza Avenida Shopping conta com um completo plano de ação elaborado para garantir um ambiente seguro e saudável para receber os frequentadores e oferecer segurança a todos. Para isso, foram tomadas as seguintes medidas: Redução em 50% das vagas de estacionamento para melhor controle do fluxo de visitantes. Instalação de dispensers de álcool em gel por todo shopping, inclusive no formato “pedalgel” (acionado com o pé), práticos e seguros.*Redução no número de sanitários e instalação de comunicações com orientações de como higienizar corretamente as mãos. *Os elevadores só poderão ter dois ocupantes no máximo em cada viagem e os botões de acionamento ganharam proteções que facilitam a higienização. *As escadas rolantes contam com sinalização especial que orienta para o distanciamento seguro entre os usuários.

Praça Shopping – Vai seguir todas as recomendações e o horário estabelecido pelo novo decreto. Com exceção da praça de alimentação, todos os demais lojistas voltam a funcionar seguindo a regras a partir desta segunda.
Conforme o novo regramento estadual, as atividades liberadas poderão funcionar com capacidade de 20% e no máximo 4 horas consecutivas por dia, e as atividades permitidas são: shoppings center, galerias, estabelecimentos congêneres, comércio e serviços que englobariam atividades divulgadas no Plano São Paulo, como concessionárias, atividades imobiliárias e escritórios. Estes estabelecimentos terão também que adotar os protocolos padrões e setoriais específicos.
A prefeitura definiu os horários de funcionamento dos três setores que poderão funcionar:
• Shoppings Center, Galerias e Estabelecimento Congêneres – de segunda a domingo, das 15h às 19h
• Comércio em geral – de segunda a sábado, das 9h às 13h
• Serviços – de segunda a sábado, das 10h às 14h.

Os protocolos de funcionamento de cada setor estão disponíveis no site do governo do estado (https://www.saopaulo.sp.gov.br/coronavirus/planosp/). Os estabelecimentos que estiverem em funcionamento deverão cumprir todos os protocolos definidos pela Vigilância Epidemiológica.

O faseamento de cada região dependerá da Capacidade do Sistema de Saúde: taxa de ocupação de UTIs (Unidade de Terapia Intensiva) por pacientes com Covid-19, leitos UTI Covid para cada 100 mil habitantes na região e Evolução da epidemia: número de casos, número de internações e número de óbitos.

Essa troca de fase poderá ser alterada para mais flexível ou menos flexível, conforme o cumprimento de cada protocolo que será analisado diariamente, mas tendo um resultado definitivo a cada 14 dias.

Sérgio SAMPAIO