Comer, Beber e Afins: Com 40 anos de tradição, Casa de Massas Zarattini chega a Rio Preto

A Zarattini Rio Preto: 40 anos de tradição em massas caseiras

A casa de massas Zarattini acaba de chegar a São José do Rio Preto. A empresa familiar teve início na cidade de Marília (SP) em 1980, logo depois que seus fundadores chegaram ao Brasil, vindos de Verona, na Itália.

A marca, que já possui pontos de venda em vários Estados brasileiros, decidiu incrementar seu processo de expansão com mais uma loja aqui, na região dos grandes lagos. O proprietário, Giancarlo Zarattini conta que escolheu Rio Preto a dedo.

Escolhemos pela localização e fama de ser polo regional de desenvolvimento e uma das melhores cidades do Brasil para o empreendedorismo”, afirma.

Todas as massas são feitas de forma artesanal e sem conservantes

A Casa de Massas Zarattini produz massas artesanais e prioriza a qualidade dos produtos e a praticidade para os clientes. A produção das massas é feita com maquinários e receitas italianas. A marca oferece ampla linha de produtos. São nove tipos de massas. De lasanha a canelone, todas as massas podem ser adquiridas para preparar em casa ou já prontas e com molho só para aquecer. São produtos com sabor caseiro, variedade de recheios e quatro opções de molho.

As delícias da cozinha Italiana estão bem representadas no menu Zarattini e não poderiam ficar de fora o tradicional nhoque, o cappelletti, o ravióli, o conchiglioni, o sofiatelli e o talharini.

O capeletti é uma das massas com recheio mais vendidas

A família Zarattini se preocupa em manter o padrão caseiro e não usa corantes nem conservantes nas massas. “Isso resulta num sabor inigualável ao cliente, além de preservar a saúde” destaca Giancarlo.

Quem quiser conhecer e incrementar a ceia de Ano Novo com uma bela massa italiana, a Casa de massas Zarattini fica aberta de terça à sexta feira das 9 às 18 horas e aos sábados e domingos das 9 às 13 horas. E estará aberta até às 13 horas nesse domingo (31) véspera de Ano Novo. A casa de massas Zarattini fica na rua Antonio de Godoy, 3348, centro. Informações sobre preços e encomendas, ligue: 17-33048745.

 

Conversa com o Chef

Marlon Spinelli tem 27 anos, é formado e pós-graduado em Gastronomia pela faculdade Barão de Mauá de Ribeirão Preto. É um dos chefs sócios da escola Le Grand Chef, já atuou no Mirante Brasserie (Ribeirão Preto), Divino Fogão e na Hamburgueria e Steak House Madero.

Comer, Beber e afins – Qual sua praia: massas, confeitaria, assados?
Marlon Spinelli – Carnes, ‘porn food’. (Porn Food são pratos associados ao prazer de comer, tem aparência suculenta e apetitosa como um bom filé com capa de gordura ou com bacon).

Comer, Beber e afins – Gastronomia em Rio Preto é…
Marlon – Gastronomia contemporânea, funcional, alta gastronomia, confort food (comida caseira).

Comer, Beber e Afins – Qual dessas vertentes define o setor em 2018 aqui no interiorzão de SP?
Marlon – A gastronomia atual se define em uma mescla de produtos. No interior o mecanismo é um pouco diferente da capital. O cliente aqui quer comida boa com quantidade, qualidade e preço razoável. Por isso acho muito difícil um restaurante conseguir se manter. São tantas contas à pagar, mão de obra indefinida, poucos funcionários e ainda tem que manter a qualidade com quantidade junto ao preço. Temos que tirar o chapéu para os donos de restaurantes que passarão 2018 ativos.

Comer, Beber e Afins – Fala-se no Dry Aged, nos filés de Red Angus e Wagyu como carnes tendência em sabor e maturação. Um bom Chef precisa disso para apresentar um filé perfeito?
Marlon – A gastronomia é linda justamente por causa disso, em questão de dias as tendências mudam, os estudos avançam e acho que é o dever de um cozinheiro acompanhar e mesclar as tendências junto ao tradicional.

Comer, Beber e afins – O rio-pretense é carnívoro?
Marlon – Extremamente carnívoro. Mas esse cenário vem diminuindo. As pessoas estão seguindo tendências do vegetarianismo, veganismo. Nada contra. Aliás, até gosto de ver isso, pois é um desafio à mais para o cozinheiro.

Comer, Beber e afins – Um bom churrasco também é gastronomia?
Marlon – Com certeza churrasco é gastronomia. As pessoas acham que gastronomia é apenas aquele prato que vem à mesa do cliente. Gastronomia vai muito além. Gastronomia é desde a procura do ingrediente, processos, fornecedores, muito estudo, técnica, paciência, serviço de garçom, maître , mixologista, etc. Até o prato chegar na mesa do cliente (que é apenas a ponta final da gastronomia) existe muita coisa a ser feita.

Comer, Beber e afins – Qual sua dica para um prato arrasador na ceia de réveillon?
Marlon – Minha dica é Lombo Marinado e assado com alho e cebola roxa, acompanhado de um purê de maçã verde no molho de cerveja preta.

Comer, Beber e afins – O que você prepara para essas ocasiões na sua casa?
Marlon – Normalmente nessas ocasiões gosto de preparar algo mais simples, até porque é uma das poucas vezes que passo com meus irmãos e minha mãe, todos juntos no ano, por isso preciso aproveitar ao máximo a companhia deles. Gosto de fazer um assado de cordeiro em baixa temperatura junto com alguns legumes e uma farofa de castanhas e banana da terra. Enquanto fica assando monto uma mesa de antepastos com alguns queijos e embutidos que gosto de fazer com geleias diferentes!

Comer, Beber e afins – Qual a sobremesa perfeita para receber amigos no Ano-Novo?
Marlon – Sobremesa perfeita no Ano-novo é aquela que me remete à minha família. Meu avô e minha mãe sempre foram apaixonados pelo Mil folhas (massa folhada), por isso sempre comi em diversos lugares e gosto de fazer e apresentar aos amigos.

Comer, Beber e afins – Quem deseja fazer gastronomia em 2018 deve focar em…
Marlon – Entender que cozinheiro é trabalho, pouco descanso, não existe glamour. Mas esforço, organização, estudo e muita, mas muita prática.

 

Vai ficar em Rio Preto e ainda não decidiu onde brindar o Ano Novo? Confira algumas dicas:

Automóvel clube
O Automóvel Clube oferece um Réveillon diferente e acessível. Você pode reservar mesa para 4 pessoas por R$150 (se não for sócio) e R$100 se for sócio. Todos pagam somente o que consumir e as mesas dão direito a um espumante para brindar na hora da virada. Reservas: 17-3214-7211.

villa conte
O réveillon do Villa Conte promete ficar na história com animação da banda disco Rod Hanna e um cardápio requintado. Ainda há convites à venda. Informações: 17-3808-1577.

quinta do golfe
O réveillon Quinta do Golfe está fechado. Os convites se esgotaram.

zero grau
A choperia que é a cara de Rio Preto também terá festa da virada. O som será com a dupla Marlon & Serginho e banda UsCaras. Informações: 17-3235-2010.

 

Carré de cordeiro Chef Marlon Spinelli

Ingredientes:

400 g de carré de cordeiro
Q. B. sal e azeite
Q. B. pimenta do reino

Modo de preparo
Tempere o carré com sal e pimenta do reine e reserve. Coloque em uma panela azeite e deixe em fogo alto. Assim que a panela ficar bem quente, coloque o carré, um a um, e deixe por volta de 15 segundos de cada lado. Retire-os e reserve. Disponha os carrés em uma forma um pouco untada com azeite e coloque no forno pré-aquecido a 190ºC por aproximadamente 10 minutos. Sirva a carne acompanha de um purê de cabotiã e pesto de hortelã.

 

Por Ellen Lima

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS