Começa campanha do Setembro Verde

Foto WhatsApp

O mês de setembro possui várias cores, sendo as principais delas o verde e amarelo. Não é só por causa do Dia da Independência, que será festejado na próxima sexta-feira (7), que isso acontece. Setembro é o mês das campanhas de prevenção ao suicídio (amarelo) e ao câncer de intestino (verde). Este último já começou campanha de conscientização, promovida pelo Gada (Grupo de Amparo ao Doente de Aids) e AORP (Associação dos Ostomizados de Rio Preto e Região).

Em 2018, estima-se que o câncer colorretal será o segundo tumor mais incidente entre mulheres no Brasil, com 18.980 casos detectados, ficando atrás apenas do câncer de mama. Entre os homens, é a terceira causa de câncer mais comum, com cerca de 17.300 casos, segundo dados do Instituto Nacional do Câncer (Inca). “Realizamos essa campanha também no ano passado e desde então estamos analisando os melhores exames para diagnosticar o câncer de colorretal. Existe o exame de sangue oculto nas fezes, mas ele não é totalmente fidedigno. A colonoscopia é um exame muita mais confiável e pode ser realizado a cada dez anos”, afirma Julio Cesar Figueiredo Caetano, coordenador do Gada.
O objetivo da campanha é que os possíveis casos de câncer sejam detectados antes dos 40 anos, já que 90% dos diagnósticos positivos da doença podem ser curados no estágio inicial. Segundo Julio, 80% dos casos desta doença estão ligados aos hábitos de vida. “A obesidade aumenta em mais de 30% as chances de aparecer o câncer de colorretal. O alcoolismo em quantidade excessiva também pode ser prejudicial. Orientamos que as pessoas tenham uma alimentação mais saudável, com mais fibras, verduras e legumes, além de praticar atividades físicas”, comenta.

A campanha vai até o dia 30 de setembro e vai desenvolver uma série de ações pela cidade. “Produzimos aproximadamente 50 mil panfletos educativos e já distribuímos mais de 44 mil. Já envolvemos a Acirp e as faculdades que irão se mobilizar em prol da campanha. Nós esperamos atingir meio milhão de pessoas até o fim deste mês”, finaliza Caetano. Colaborou: Vinicius LIMA

 

Da REPORTAGEM

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS