Com mudanças, Jacaré faz último jogo em casa na Série A-2

Atacante Obina será a novidade no ataque para o duelo contra o Rio Claro, na manhã deste sábado, no Riopretão

Já rebaixado para a Série A-3 do Campeonato Paulista, o Rio Preto faz na manhã deste sábado (15), a partir das 10h, seu último jogo no estádio Anísio Haddad pela Série A-2. O Jacaré recebe pela 18ª e penúltima rodada, a equipe do Rio Claro.

Para o duelo, o diretor de futebol Wagner Violin mais uma vez ficará a beira do gramado para comandar o time. Sem poder contar com o volante Ewerton Ageu, expulso contra a Votuporanguense, e o meia Leandro Brasília, machucado, o treinador fará duas alterações no time.

Na vaga de Ewerton entra o volante Adriano. Já no lugar de Leandro Brasília, a novidade será o atacante Obina. “Só muda a volta do Wagner, que fez bem isso jogando no Mirassol fazendo um meia, e entrada do Obina na frente pra ficar um homem a mais com o Bruno Nunes para que essa bola chegue nos dois atacantes de frente e possamos atacar”, explicou Violin.

Sobre o ânimo da equipe para o jogo, o técnico disse que os jogadores precisam aproveitar a partida até para conseguir um novo clube no segundo semestre. “O ânimo é o mesmo que nós fomos para Votuporanga. Mesmo com chances, nós sabíamos que era muito difícil, mas o ânimo é a mesma coisa. Até porque é jogo com televisão e esses jogadores vão ter a grande oportunidade para mostrar serviço para que no segundo semestre todo mundo arrume emprego”, finalizou.

Sem mais desfalques, o Rio Preto deve ir a campo com: Andrézão, Cleiton, Gustavo, Ednei e Gleidson; Guilherme Noé, Adriano, Wangler e Wagner; Bruno Nunes e Obina.

Por Marcelo Schaffauser

SEM COMENTÁRIOS