Com menos de um mês, estudantes intensificam a preparação para o Enem

Estudantes aproveitam para revisar conteúdo nessa fase final que antecede o exame. (Foto Guilherme Batista)

Depois de um bom tempo de estudos e preparação, os estudantes estão a menos de um mês para a realização da prova do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio). Este ano, 5,5 milhões de alunos devem fazer o exame, que está programado para os dias 4 e 11 de novembro. Nessa reta final, a preparação física e emocional é essencial para conseguir tem um bom desempenho na prova. No entanto, com o pouco de tempo que falta, como se preparar para o Enem desde já?

O período de estudos mais aprofundados já foi feito pelos alunos ao longo do ano. De acordo com Antonio Henrique Corrêa, coordenado de um cursinho pré-vestibular de Rio Preto, nessa fase final, o mais importante é se dedicar a revisão do conteúdo e, para isso é necessário um planejamento. “Pesquisas realizadas com alunos de alto desempenho, e as experiências trazidas por ex-vestibulandos bem sucedidos mostram que é fundamental, assim como se fez durante o ano, planejar uma revisão”, comenta.

Para quem está preocupado com o exame e não sabem como estudar nessa reta final o coordenador tem uma dica. “A metodologia que mais dá resultado é a realização de exercícios do conteúdo desejado. No caso do Enem, por exemplo, até é possível verificar a incidência de alguns conteúdos – e é claro que, no momento da revisão, o aluno deveria focá-los – porém, em ração de sua prova avaliar competências e habilidades, uma estratégia mais interessante durante a revisão, seria refazer e analisar os exercícios das provas anteriores do Enem, com o objetivo de aprimorar duas grandes habilidades: interpretar e raciocinar”, explica.

Além dos estudos, o estudante deve também se preparar física e psicologicamente. “Meu conselho é que neste mês, os alunos se preparem fisicamente e psicologicamente para poder fazer a prova. É um período que ele não deve ficar fazendo extravagância e é um momento de ter uma rotina de alimentação normal. Aqueles que já praticam exercício que continue fazendo. Quem não faz é sempre legal fazer uma caminhada. Além da revisão, é bom pontuar que é preciso ter descanso, um sono bom, se resguardar, não sair para balada, principalmente nos dias que antecedem a prova, se preservar nesse sentido é bom”, aconselha Corrêa.

Leonardo Miranda é um dos estudantes que vão realizar a prova do Enem. Ele vem se preparando, pois deseja ingressar no curso de Medicina. Este ano, é a quarta fez que vai realizar o exame. Ele comenta um pouco do que deve ser priorizado nessa reta final. “No meu caso, eu fui fazendo algumas notações ao longo do ano. Peguei aquilo em que falhei no ano passado e fui complementando. A ansiedade é inevitável, mas não podemos ficar pensando nisso. O importante é manter a rotina de estudos. A hora de apertar já foi, agora precisa manter o que vem fazendo ao longo do ano”, diz.

Luan Capela também está se preparando para o curso de Medicina, mas, diferente do Leonardo, ele vai prestar a prova pela terceira vez, embora seja a primeira que realmente está focando no exame. Ele lembra que o contato com familiares e amigos é importante também nesse período que antecede o exame. “Nos tempos livres, é importante procurar fazer as coisas que você gosta, fazer atividades física e, principalmente, estar sempre junto com os amigos. Você precisa se apegar com as pessoas que você gosta e aproveitar elas também, mantendo o ritmo dos estudos, só que cuidar bastante do emocional, pois não adianta estudar o ano inteiro, se o seu emocional não estiver preparado na hora da prova”, aconselha o estudante. Conteúdo Especial: Leandro BRITO

 

Da REPORTAGEM 

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS