Coluna do Beck: Prioridades

Damares Alves durante coletiva em Brasília: ‘Prestem bem atenção...’

Olar, brazeeel! Polêmica forte está tramitando nas redes sociais desde que a futura ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, afirmou durante entrevista coletiva, nesta terça (11), que sua gestão priorizará a aprovação do projeto conhecido como Estatuto do Nascituro no Congresso Nacional.

Prioridades 2
Em linhas gerais, entre as inúmeras discussões que o estatuto engloba, Damares destacou que trabalhará principalmente em função da proposta de proibir o aborto em casos de estupro.

Dhoje Interior

Salada mista
Sim, o assunto é sério e tem produzido uma verdadeira salada de opiniões na web, onde o projeto tem sido visto como um “retrocesso”.

Segura esse gerúndio
Pastora evangélica e ex-assessora do senador Magno Malta (PR-ES), Damares sublinhou durante a coletiva: “Nós temos projetos interessantes lá no Congresso. O mais importante é que a ‘gente vai estar trabalhando’ (sic) a questão do Estatuto do Nascituro. Nós vamos estabelecer políticas públicas para o bebê na barriga da mãe nesta nação”.

Entenda
Pra você que acaba de acordar do berço esplêndido e só está pensando em peru, férias e praia, a atual legislação sobre o tema permite a interrupção da gravidez em casos de risco à vida da mãe, quando o feto é acéfalo ou a mulher foi estuprada.

Coisa bem séria
Caso as propostas da futura ministra sejam aprovadas pela Câmara, o Estado não vai poder mais impedir o nascimento de fetos, mesmo que tenham alguma deficiência mental ou poucas chances de vida.
[Insira aqui seu emoji de preocupação].

Bola de cristal
Muito que bem, por hora é o que temos. Voltamos a qualquer tormento, ops, momento, para mais polêmicas e debates sobre a “o futuro da nação”.

Quem tem medo do futuro?

Por: Beck